Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Tempo para cada um

Como mãe de quatro debato-me muitas vezes com o facto de encontrar tempo individual para cada um. É difícil. Quando estou a tentar ter uma conversa com um todos se lembram de aparecer para dizer algo. Outras vezes querem conversar num momento em que não posso. Ainda ontem passei em casa para abrir a porta ao Guilherme, estava atrasadissima para ir buscar o Leonardo e o Guilherme queria falar sobre as notas dos testes. Ouvi as notas dei-lhe os parabéns e saí a correr.  Fico de coração partido por não ter mais tempo. Sei que todos nós iríamos gostar muito se assim fosse.

Como tal não é possível resta-me arranjar soluções para criar tempo. No fim de semana passada saí de casa para comprar umas coisas, tinha que ir à farmácia, à padeira, à loga de agricultura. Se fosse de carro iria fazer tudo num instante mas optei por não ir. Convidei os mais velhos e fomos à pé. Demoramos mais de hora e meia. Foi uma hora e meia em que passeamos de mão dada. Falamos, observamos coisas em conjunto, fizemos compras. Ganharam chupas sem açúcar na farmácia e broas na padaria. Voltaram para casa cansados mas contentes.

Eu gostei e percebi se não consigo ter mais tempo tenho que dar melhor uso ao que tenho. Tenho que os envolver mais nas actividades que me ocupam, assim ganhamos tempo em família e vão aprendendo as dinâmicas da vida de adulto. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.