Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Tampas a prova de pais

Não sei se sou a única pessoa que tem um problema com as ditas tampas a prova de crianças. Há dias em que corre tudo muito bem e consigo abrir a tampa logo à primeira mas há outros em que não as consigo abrir de forma nenhuma. Tento, tento, viro o frasco faço o pino e o frasco continua por abrir. Ainda no outro dia tive de dar ben-u-ron ao Salvador à um da manhã e tive de ir acordar o marido para abrir o frasco do xarope. Parece mentira mas acho que as tampas são a prova de Catarina. Existe também um medicamento com quem tenho uma relação complicada. Penso que todos os pais conhecem o medicamento vigantol, põe norma todos os bebés o tomam. Ora eu deito o bebé viro o frasco e fico à espera que a gota caia mas como esta demora uma eternidade quando cai o bebé já fechou a boca, ou virou a cabeça. Por norma acerto na orelha, na bochecha, no queixo, enfim em todo o lado menos na boca. Gasto 4 ou 5 gotas até conseguir ser bem sucedida, isto vezes dois. Acho a forma de administrar deveria ser outra, por exemplo, ter um conta gotas. Talvez estes problemas sejam exclusivos da minha pessoa ou talvez não.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.