Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Sempre a abrir

São oito da manhã e estou pronta para sair de casa. Logo de madrugada coloquei a máquina da roupa e da loiça a lavar. Já ambas acabaram. Estendi a roupa, arrumei a loiça. Preparei mais uma máquina de roupa. Dei o pequeno almoço aos rapazes, coloquei a loiça na máquina.

São horas de sair e distribuir os rapazes pelas escolas. À hora de almoço vou ter que ir buscar um, dar-lhe almoço, apanhar a roupa que deixei estendida e pendurar a que ficou a lavar. Depois do trabalho vou à natação com os rapazes e só voltamos a casa depois das oito da noite.

O marido vai jogar à bola, vou ter que dar o jantar e arrumar a cozinha sozinha. Depois é rezar para não adormecer assim que me sentar😂

Só pode ser do creme

Na sexta-feira passei na escola eb 2 3 para tratar do transporte escolar para o Leonardo.  A senhora retirou-me o papel das mãos, olhou para mim e disse-me:

- Para tratar do teu transporte tens que preencher as informações todas. Tens que colocar aqui o número do cartão de passe que tens e assinalar a renovação. Tens aí o passe para tratarmos já disso.

- O passe não é para mim... É para o meu filho. Eu não preenchi o número porque é a primeira vez.

- Aí não é para si. Então está tudo perfeito.

Não sei qual de nós ficou mais constrangida com a situação.

A caminho da fisioterapia comecei a ligar os pontos. Ultimamente toda a gente me diz que eu pareço mais nova e a única explicação que encontro é a gama de cremes de rosto que estou a usar.

Querem que vos fale sobre eles? 

Trabalhar a dez minutos de casa

Sempre trabalhei longe de casa demorava no mínimo meia hora a chegar e isso num dia bom. Muitas vezes tinha que fazer o percurso de autoestrada só para chegar a horas.

Quando mudámos de casa tudo mudou. Num dia mau demoro dez minutos a chegar ao trabalho e isso realmente faz toda a diferença. Estou tão perto que, por vezes, venho a casa à hora de almoço para apanhar ou estender roupa. Também venho cá para dar almoço aos mais velhos quando ficam em casa.

Venho a casa naqueles dias em que estou cansada ou aborrecida e só quero algum tempo com os meus pensamentos. 

Também estou perto das escolas e num instante vou buscar algum indisposto ou cujas aulas já terminaram.

Adoro estar assim próxima de tudo e todos e estou bem ciente do luxo que é. Todos os dias agradeço não ter que fazer quilómetros e mais quilómetros. Não ter enfrentar filas imensas de carros e tempo interminável em semáforos. 

É tão bom não ter nada disso. Por aqui o máximo que temos são ovelhas e cavalos que nos distraem dos buracos nas estradas. 

Gente nem tudo pode ser perfeito 😁

 

Romantismo ou segundas intenções

Quando fomos à piscina com os rapazes fui abordada por duas senhoras. O marido entrou com os rapazes e eu fiquei a falar com as senhoras. Entrei passados uns minutos e o marido questiou:

- Então o que estavam a vender?

- Estão a oferecer alguns tratamentos de estética.

- Ofereceram-te tratamentos? 

- Sim.

- E tu vais?

- Acho que sim, porquê? 

- Porque és perfeita e não precisas de tratamentos nenhum.

Fiquei sensibilizada com a resposta mas, passado um pouco, dei por mim a pensar se aquelas palavras teriam sido ditas por romantismo, ou por medo da fortuna que poderia gastar em tratamentos😂