Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Deu para matar saudades

Foram quatro dias intensos, cheios de emoções. Quatro dias em que tentámos matar saudades da ausência de cinco anos. Nem acredito que passaram cinco anos desde que tínhamos pisado aquele solo e respirado aquele ar. 

Desde o nascimento dos gémeos que o tempo passa a correr, entre doenças e trabalhos não houve tempo para voltar.

IMG_20180331_150617.jpg

Finalmente tivemos uns dias e resolvemos voltar. Os rapazes adoraram a liberdade e nem queriam vir embora. Eu própria vim dividida. Com saudades de casa mas com vontade de ficar mais. 

Finalmente a falta de televisão, telefone e internet acabou por falar mais alto. Voltamos a casa mas não sem antes ter tido a experiência toda. Tivemos banhos de regador com água aquecida no fogão a lenha.

IMG_20180401_182801.jpg

 Tivemos noites aquecidas pelo calor do fogão. Comemos assados, grelos acabados de apanhar. Comemos broa e mais broa porque ė única da região. Compramos tudo o que é produtos regionais para ajudar a matar as saudades.

IMG_20180402_201813.jpg

Voltamos  mas já temos saudades e fica a promessa de voltar no verão. Estou desejosa de levar os pequenos a tomar banho no rio.

Estratégia dos pais para os pedidos difícil dos filhos

- Mãe?

- Sim Santiago.

- Mãe tu tens um bebé na barriga?

A minha primeira reação foi olhar para a minha barriga pensando de onde é que teria vindo aquela conversa.

- Não amor a mãe não tem um bebé na barriga.

- Mas eu nunca vi um bebé na barriga da mãe!

- A mãe já teve muitos bebés na barriga mas agora não.

- Mas eu quero!!!!!

Fiz o que qualquer progenitor faz para resolver o assunto.

- Então logo tens que ir pedir ao pai.

😂

O nosso blog faz três anos

Acabei de me aperceber que faz hoje, exactamente, três anos que comecei a escrever no blog.

Três anos de muitos textos sobre os mais variados temas. Três anos de muitas histórias dos meus pequenos. Três anos de muitas peripécias desta família numerosa.

A quem nós segue um grande obrigado estamostodos de parabéns. Eu cá prometo continuar a deixar o meu ponto de vista sobre a maternidade no seio de uma família de seis.  

Mãe já viste aquela nossa árvore?

- Mãe já viste a nossa árvore? - pergunta um dos mais velhos

- Já porquê?

- Está linda.

PE_20180316_063956.png

- Está mesmo.

- Que árvore é?

- É um pessegueiro. Sabes porque dá flores?

- Não.

- As flores transformar-se noutra coisa.

 - No quê?

- Nos frutos.

- Já me lembro de ter aprendido isso na escola. Quer dizer que este ano vamos ter muitos pêssegos porque são muitas flores.

Os livros preferidos dos gémeos

Os gémeos receberam uns livros quando fizeram três anos. Na altura não se interessaram muito por eles mas entretanto tomaram-lhes o gosto. 

Descobriramque as peças saem do livro e podem montar animais. Passam horas a montar os bichos, brincam com eles e depois colocam-nos no sitio. Alguns já nem encaixam bem de tanto uso. É um conceito interessante para estas idades.

IMG_20180313_081108.jpg

IMG_20180313_081119.jpg

IMG_20180311_202724.jpg

IMG_20180311_202756.jpg