Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Tenho vontade de escrever mas não tenho vontade de escrever

É algo que me assiste nestes últimos dias. Tenho vontade de escrever e na minha cabeça tenho imensos textos sobre os mais variados temas. Textos e textos à espera de ganhar vida num papel ou ecrã. Acontece que quando abro o blog para escrever o meu cérebro resolve que não lhe apetece colaborar e os meus dedos tomam o partido dele. Não é falta de inspiração é simplesmente... Nem sei o que é. Alguém que me esclareça?

A preguiça instalou-se em mim

Surgiu não sei bem de onde e instalou-se em mim. Uma preguiça peganhenta que não desgruda por nada. Principalmente tem me dado preguiça de escrever.

Não é que não tenho temas nem ideias, mentalmente tenho post até ao fim do ano. O problema é escrever. As palavras juntam-se e formam frases. As frases multiplicam-se e originam textos. Textos bonitos, textos complexos, textos hilariantes. Tudo a dançar dentro da minha cabeça. Contudo quando penso em escrever não tenho vontade ou então os textos desaparecem como fumo no ar.

Sei que é uma fase, espero que seja uma fase porque escrever anima-me a alma. Escrever coloca-me um sorriso nos lábios, torna-me mais paciente, mais afável, mais... 

Por enquanto vou continuando a tentar expulsar esta preguiça que se instalou em mim e que me torna um ser menos risonho.