Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Meu filho

Família-114.jpg

Ontem foi o teu dia. Doze anos. Doze anos! Doze anos?  Como é possível? Ainda ontem te trazia na minha barriga onde me mágoa as as costelas cada vez que te esticavas. Ainda ontem te tive no colo pela primeira vez e pude finalmente ver o teu rosto. Se fechar os olhos ainda consigo sentir o teu cheiro a bebé e recordar o teu corpo roliço. Eram bons tempos. Quando te tinha sempre nos meus braços e te podia proteger de tudo.

Éramos felizes e não sabíamos.

Queríamos que andasses e falasses. Que comesses sozinho. Que não quizesses tanto colo.

O tempo passou e tu realizasse tudo. Eu estou orgulhosa do teu caminho. Estás a caminhar para a vida adulta com dignidade e respeito. Estás a crescer melhor do que alguma vez julguei possível. É um prazer assistir a esta tua jornada. Estar ao teu lado quando precisas e dar-te espaço quando queres.

Que continues sempre a ser este jovem feliz e com um coração do tamanho do mundo.