Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Estão cá uns comilões!

Desde que passaram para a nossa comida têm mostrado um apetite. Querem tudo, é só verem-nos mastigar alguma coisa e vêm logo pedir. Principalmente o Salvador, aponta para o que quer e começa a gritar ( meio choramingar). Por vezes, tentamos não lhes dar mas depois desistimos porque ele é chato demais. 

Vão ao Guilherme pedir e ele dá-lhes um bocadinho. Depois vão ao pé do Leonardo e ele dá-lhes também. De seguida vem para ao pé de mim e do pai pedinchar  e levam mais um bocado. No final da história acho que comem mais do que nós.

 

2015-09-28 10.56.34.jpg

2015-09-28 10.56.58.jpg

Os irmãos estavam a comer panquecas e claro que os pequenos também quiseram. Adoraram e fartaram-se de comer, quase que já não chegavam apara o pai. Costumo fazer a receita a dobrar mas agora tenho que começar a fazer o triplo.

2015-09-29 12.35.14.jpg

 O Salvador roubou uma maçã à minha tia e estava todo contente a roer.

Uvas

Há umas semanas comprei uvas para os gémeos. Tirei a pele, tirei grainhas e eles nada de comerem as uvas. Resolvi desistir até porque de resto comem quase as frutas todas.

Ontem cheguei a casa um pouco mais tarde porque fui ao supermercado. Quando cheguei a casa o marido já tinha dado jantar aos mais velhos que vinham cheios de fome. Arrumei as compras e tratei de dar jantar aos gémeos.

Sentei-me no chão e lá comecei a dar uma colher a cada um. Deixem que vos diga que está difícil para comerem a sopa, tenho que colocar um pouco de fruta na colher para abrirem a boca. Estava eu a dar-lhe sopa e pêssego, quando o Guilherme aparece na cozinha a dizer que queria comer mais alguma coisa. Eu disse-lhe que tinha comprado uvas, fruta que ele adora, e ele disse logo que queria. O pai lavou algumas e deu-lhe. O Salvador, que já percebeu que o comer à mesa é melhor do que o deles, foi logo pedinchar comer ao Guilherme.

O Guilherme perguntou se lhe podia dar uma uva pequenina e eu respondi que sim, pensando que o outro iria cuspir a uva. Não só não cuspi-o como continuou a comer as uvas a meias com o irmão. Eu chamava-lo para vir comer pêssego, ele olhava para mim e virava-me a cara. Ás tantas acabaram as uvas pequenas e quando olho o Guilherme estava a dar-lhe uvas enormes. O Salvador quase nem conseguia fechar a boca. O marido perguntava se não tinham grainhas. Eu respondi que queria lá saber, ele não se estava a queixar.

Conclusão: Dar uvas com pele e grainhas, devem ser mais saborosas