Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Isto não vai ser fácil

- Mãe tenho uma coisa para contar! O Leonardo pode sair do carro para não ouvir?

- Na nossa família não temos segredos Salvador. Podes falar à frente do Leonardo. 

- Mas eu tenho vergonha. 

- Conta lá! 

- Eu tenho uma namorada! 

- O quê? 

- Sim hoje falei com a R. e contei-lhe todos os meus segredos. Então ela disse que era minha namorada. 

- E que segredos é que lhe disseste? 

- Que gosto de mais meninas. Também gosto da M.R. da M.I. da C...

- E a R. aceitou isso? 

- Sim porque eu gosto mais dela. 

- Então e o que fizeram como namorados? Andaram de mãos dadas? 

- Sim. Ela  também me deu um beijinho na cara, demos abraços. Eu não queria nada dessas coisas mas ela diz que era assim. 

Isto não vai ser fácil 🙄

 

 

 

 

Assim nasce a fama

- Amor nem sabes a conversa que tive hoje com os gémeos. - disse ao marido - Foi sobre ti. 

- Sobre mim?

- Sim. Começou assim:

"-Mãe a professora pediu tampas mas não são tampas dos iogurtes. São castanhas com branquinhos.

- Rolhas de cortiça?

- Sim é mesmo isso. Temos em casa?

- Temos sim.

- Eu já sabia! Com aquele vinho todo que o pai bebe!"

Acabei o relato e o marido olhava para mim com um ar incrédulo.

- Mas eles dizem que eu bebo vinho?

- Muito vinho... - comentei a rir - Deves ter fama de bêbado.

- Logo eu que nunca bebi vinho na vida.

Não sei onde os rapazes foram buscar a ideia mas demos umas boas gargalhadas à conta dela. 

Paciência a esgotar

- Mãe podes jogar comigo às damas.

- Posso Santiago.

Cinco minutos depois. 

- Santiago estás a chorar porquê?

- Porque estou a perder😭.

- Filho tens que saber que por vezes ganhamos e noutras perdemos.

-😭.

Continuamos a jogar e o rapaz fez umas boas jogadas. 

- Mãe porque estás a fazer isto😭.

- Isto o quê?

- Estás a deixar-me ganhar😭!!!!

- Não estou não.

- Estás sim😭!! 

Resumindo chorou porque estava a perder e chorou porque ganhou. Preciso de paciência que a minha está a esgotar e a frustração a subir a pique. 

 

Preciso descansar melhor

- Mãe, vi uma coisa na televisão que tens de comprar. - afirmou o Salvador

Eu pensei se seriam um brinquedo apesar de não terem hábito de pedir essas coisas.

- Aí sim, o quê?

- É um remédio que faz as pessoas descansarem melhor. Acho que preciso para não ter sono de manhã. Se descansar mais vou acordar mais cedo. 

Nunca deixa de me surpreender 😂

 

O bicho da leitura

- Mãe a professora diz que existe um bicho nos livros.

- Um bicho nos livros?

- Sim. É um bicho tão pequeno que só se vê ao microscópio e pica as pessoas. 

- E depois? - perguntei sem saber ao certo o que iria sair dali

- Quando somos picados por esse bicho passamos a gostar muito de ler. Chama-se o bicho da leitura e acho que tu já foste picada por ele.

- Claro que sim meu filho. Agora já sei porque gosto de ler.

 

Os papa fruta

No início do ano escolar a professora mencionou que a câmara iria oferecer, novamente, fruta dois dias por semana.

É uma iniciativa do município para promover o consumo de fruta nas crianças e ajudar os produtores locais.

Uns dias após o início das aulas os rapazes mencionaram que tinham recebido pêras. Quando fui arrumar as mochilas estavam vazias. 

- Meninos onde está a fruta?

- Eu comi. 

- Eu também.

- Mas eu tinha enviado pêras.

- Comemos as duas.

Escusado será dizer que a fruta nunca chega cá a casa. Os rapazes comem tudo para não se estragar. 

Se deixarem ainda comem as dos colegas 😂

Não vai ser fácil

- Mãe hoje fui o primeiro a acabar a ficha que a professora deu!

- Santiago não interessa ser o primeiro. Tens é que prestar atenção e perceber o que é para fazer.

- Mas mãe o Salvador ainda não tinha começado e eu já estava quase no fim.

- Já disse que não é uma corrida.

- Eu não estava a correr mas estavam todos a ouvir a professora a explicar e eu comecei logo a fazer.

- Santiago não ouviste a explicação da professora? - perguntei zangada 

- Mãe aquilo era muito fácil. Olha tinha três pintas de um lado e três balões do outro. O que achas que era para fazer? - perguntou com ar de gozo - Claro que era para ligar os balões às três pintas e o resto era tudo igual. Não preciso que me expliquem estas coisas.

( suspiro) Acho que este vai dar chatices🙄

Temos que fechar os olhos

- Mãe hoje provei nozes mas não gostei. - afirmou o Santiago

- Eu gostei um pouco! - exclama o Salvador

- Quem é que vos deu nozes?

- A nossa colega perguntou se queriamos e nós aceitamos. O menino X também provou mas cuspiu logo na hora. 

- A vossa professora não viu de certeza. - afirmei recordando todas as regras do início do ano, entre elas não poderem partilhar comida ou materiais

- Ela já tinha saído.

Sorri a pensar em como as crianças arranjam sempre forma de ser crianças. A partilha e a proximidade estão entranhadas nelas, eu adoro que assim seja.