Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Tão despistado este meu filho...

Fui buscar o Guilherme à escola e passamos no supermercado a comprar umas coisas. Chegámos a casa e ele quis ajudar a arrumar as compras.

No dia seguinte corri tudo à procura das acendalhas, que tinha comprado na véspera, mas sem sucesso. Recordei então que tinha sido o rapaz a arrumar as ditas. Perguntei-lhe:

- Filho onde arrumas-te aquela caixa preta?

- Qual caixa?

- Aquela caixa pequena com cubos brancos.

- Aquela com aquelas coisas que tu deitas no comer?

- Não aquela com aquelas coisas que uso para acender o lume.

- Essa não vi. Eu só arrumei aquela com aqueles cubos que tu colocas na comida.

- Os caldos Knorr? Mas eu ontem não comprei caldos Knorr.

Fui ao frigorífico e lá estavam as acendalhas a olhar para mim

Não sei se foi um elogio ou se devo ficar ofendida

Um dia deste fui ao supermercado com uma colega de trabalho à hora de almoço. Andávamos pelos corredores quando a minha amiga parou para falar com uma senhora. Disse-me mais tarde que era a mulher de um colega nosso.

No dia seguinte o meu colega entra no nosso gabinete e pergunta:

- Catarina ontem foste com a S. às compras?

- Sim fui.

- Logo vi- disse ele com ar de gozo

- Estás a rir-te porquê?- pergunta a minha colega

- Por nada. - Afirma enquanto faz um esforço para não se rir

- A tua mulher disse que me viu? - Insiste a minha colega

- Sim disse-me que te viu e que ias acompanhada por uma miúda.

- Por uma miúda?

- Sim eu também não percebi e perguntei-lhe se era a tua filha. Ela respondeu-me que não que era uma jovem de quinze ou dezasseis anos.

- ???

- Eu perguntei-lhe se a jovem tinha umas calças azuis e um casaco preto. Calculei logo que era a Catarina.

Muitas são as pessoas que me dizem que pareço mais nova mas nunca me tinham dado dezasseis anos. Não sei se hei-de ficar ofendida ou aceitar como um elogio.

Coisas que acontecem em famílias grandes

Fomos fazer um piquenique em família. À tarde demos um gelado aos rapazes e o Santiago sujou-se todo. Troquei-lhe a roupa e deixei-o ir brincar com os irmãos. Estava a arrumar a roupa suja quando uma das minhas tias levantou os olhos do jogo de cartas, que estava a fazer, e exclamou muito aflita:

- Mas aquele menino não é nosso. Temos um menino a mais, de onde veio?

Nós olhamos uns para os outros sem perceber. Entretanto o Santiago olhou para a minha tia e ela disse:

- Esqueçam, afinal é um dos nossos está é de roupa diferente...