Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Fiquei surpreendida

- Leonardo o teu aniversário está mesmo a chegar.

- Pois está.

- Nesse dia queres ir à escola e levas um bolo para festejar o teu aniversário, ou querer faltar à escola e passar o dia com a mãe? Posso tirar um dia de férias e vamos passear os dois. 

Os olhos dele iluminaram-se de felicidade e disse:

- Quero passar o dia só contigo.

Sinceramente nunca pensei que quisesse falar à escola, certinho como é. 

Está quase a chegar o meu aniversário!

Nos últimos dias o Leonardo tem andado muito animado a falar sobres as coisas que espera receber.

- Quero o novo diário do banana. Quero aquele lego, aquele também. Também quero ...

- Mas tu andas tão entusiasmado porquê?

- Está quase no meu aniversário.

- Pois está.

- É já para a semana.

- Para a semana?

- Sim para a semana é dia 10.

- Leonardo em que mês estamos?

- Novembro.

- É tu fazes anos em que mês?

- Dezembro. Já percebi afinal ainda falta mais de um mês. Tao😂

Acontece aos melhores

Salvador

Seguiste o teu irmão e quinze minutos mais tarde estavas entre nós. Também não consegui pegar em ti e apenas tive direito a um breve olhar antes de ires ter com o teu irmão. Acho que já te contei que Santiago teve sem reagir até tu chegares. Os médicos temeram o pior, então tu chegaste e tudo mudou. Percebemos nesse momento que vocês precisam um do outro como os seres normais precisam do ar que respiram. Olho para vocês e vejo dois seres um ser só. Não sei como explicar mas apesar de serem dois, com diferentes personalidades e maneiras de ser, parecem ser um só.

Adoro esse laço que vos une e em partes tenho ciumes dessa ligação. Para os vossos irmãos sempre tive em primeiro lugar. Adorei que precisassem de mim para tudo. Adorei que olhassem para mim como se fosse a única coisa importante do mundo. Com vocês é diferente. Sim precisam de mim e adoram-me mas sinto que precisam do outro gémeo mais do que da mãe. Adoro esse laço e ao mesmo tempo tenho ciumes de não conseguir entrar nesse mundo só vosso.

Agora voltando a ti meu Salvador porque já me estava a desviar do tema. Chegas aos quatro anos com uma alegria imensa. O mundo pode estar a ruir mas para ti está sempre tudo bem. Estás sempre a brincar, a rir, a correr. A infância fica-te tão bem. Costumo brincar contigo dizendo que és o meu palhacinho porque para ti tudo é brincadeira. Quando estou a ralhar contigo começas nas palhaçadas e depressa tudo fica esquecido entre risos. És calmo e meigo e muitas são as vezes em que apazigua o teu irmão. Adoro quando andas de volta dele e lhe dizes para ter calma. Quando lhe dás beijos e abraços se o vês a chorar.  Adoro a forma como distribuis beijinhos pelos teus amigos quando são horas de sair da escola. Adoro a forma como disfarças quando fazes asneiras, do género eu não fiz nada.

Também sei que apesar de seres o mais calmo és também o mais sacana. Sei que desencaminhas o teu irmão para as situações mais arriscadas. Sim, vocês estão sempre a fazer metidos em sarilhos. Nunca vi crianças com uma imaginação tão fértil para sarilhos. Basta olhar para o teu sorriso de safado para perceber que és fresco. 

Adoro o teu ar de menino que não faz mal a uma mosca mas depois parte a loiça toda. Adoro a tua meiguice e tua curiosidade. Queres saber tudo sobre o mundo, principalmente sobre dinossauros. 

Espero que mantenhas essa curiosidade e esse espírito livre durante a tua vida. Vou adorar ver-te crescer. O meu coração derrete-se por ti.

11 anos

O nosso rapaz fez 11 anos no sábado. Não vou chorar o facto de os anos continuarem a passar demasiado depressa. Esta é uma verdade para a qual não existe solução. 

Este ano deixamos o rapaz escolheu um dia um pouco diferente do habitual. Em vez de uma festa optou por algo mais intimo. Optamos por deixar os gémeos e dedicar o dia aos mais velhos. Passeamos, almoçamos e depois fomos jogar bowling. Os rapazes nunca tinham jogado e ficaram eufóricos. Eu esqueci o telemóvel em casa pelo que não consegui tirar fotos do momento. Vou ter que guardar na memória os sorrisos e a euforia dos rapazes.

Foi um óptimo dia. Um dia com sorrisos. Um dia com tempo em família. Um dia que provavelmente vai ficar nas nossas recordações.

Parece que cheguei aos 34

Faz hoje exactamente 34 anos que a minha mãe sofria para dar à luz uma bebé que nada tinha de pequena. Felizmente tudo correu bem para nós as duas e aqui estamos hoje.

Sim, hoje é o meu aniversário! Os planos? Os planos são espetaculares. Aproveitar o dia que meu patrão oferece a todos os empregados. Como está um dia maravilhoso de chuva vou colocar os rapazes na escola, voltar para casa, trocar a roupa por um pijama e passar o dia deitada no sofá, enrolada numa manta a ver séries até cair para o lado.

Digam lá que não estão com inveja 😂

 

Festejamos o aniversário do Leonardo

Este fim de semana foi cansativo. Entre uma directa na festa de Natal da empresa e o aniversário do Leonardo não tive tempo para nada. No domingo levantei-me cedo para fazer um bolo para ele levar para a escola. Depois passei oito horas rodeada de crianças. Voltamos a casa a tempo de jantar e de acabar o bolo. Acabei às tantas mas gostei do resultado. Gostei ainda mais que não tenha voltado uma migalha para trás. Segundo o Leonardo todos adoraram.

IMG_20171210_223700.jpg

 

10 anos

Meu filho nem acredito que hoje fazes dez anos. como é possível? quem te deu permissão para crescer tão depressa? Ainda ontem eras um bebe que eu podia proteger de tudo, hoje estás da minha altura e começas a querer alguma independência.

Perdoa-me mas eu não estou preparada para isto. Ainda não acredito que dentro de poucos meses vais para a escola básica Vais sair daquele ambiente pequeno e controlado em que tens vivido e descobrir todo um mundo novo. O meu coração está dividido entre o nervosismo do que está para vir e o orgulho da pessoa em que te estás a tornar.

Vejo-te hoje um jovem com um coração do tamanho do mundo. Sempre calmo e meigo com todos. Adoro a forma como consegues brincar com qualquer criança por mais pequena que seja. Adoro o facto de começares a demonstrar interesse em ver certos filmes connosco. Olho para ti a conseguir acompanhar as legendas e penso em todas as batalhas que travamos para que isso acontece-se. Foi uma guerra intensa em que lutas-te e lutas-te. Quando vi a tua pauta de notas este período senti que afinal estava certa em não acatar o que os médicos sempre quiseram. Vi aqueles Bons a tudo e para mim é como se fossem Muito Bons. A verdade é que são ainda melhores que muito bons. Foi tudo conquistado através de muito trabalho. Não só estudo. É o resultado de anos de terapias, de consultas, de psicologia. É o resultado de anos de incertezas sobre o facto de termos recusado medicar-te.

Hoje vejo em ti pequenos indícios de uma adolescência. Aos poucos começas a passar de criança a jovem e gosto do que vejo.

Parabéns meu filho neste dia tão especial. Espero que tenha um dia especial junto dos teus amigos e família. Já sabes que todos nós te amamos imensamente.

Parabéns para mim!

Faz hoje 33 primaveras que aqui esta senhora decidiu vir ao mundo. Nasci uma bebe muito pequenina, tinha apenas 53 cm e 5,900 kg. Como se não bastasse o meu tamanho ainda resolvi não dar a volta só para mostrar que eu é que mandava. A minha mãe passou uma eternidade em trabalho de parto enquanto os médicos tentavam de todas as formas virar-me de cabeça para baixo. Sei que alguns bebés nascem de pés mas no meu caso não era opção porque tinha umas pernas bem gordas. No fim de quase vinte e quatro horas de trabalho de parto lá adormeceram a minha mãe e tiraram-me a ferros.

Depois disto tudo a minha mãe deve ter percebido logo que eu não iria ser pessoa fácil. Tenho a dizer em minha defesa que o facto de não ter dado a volta não se ficou a dever a ser ruim.Quem manda a minha mãe de 1,52 metros engordar quase 30 quilos e tentar gerar uma pequena orca numa cavidade minúscula? Claro que eu não tive espaço para dar a volta pelo que divido as culpas em 50-50.

Agora que já vos contei como cheguei ao mundo de forma atribulada vou aproveitar o dia livre para passear.

 

Parabéns!!!!

Há uns anos atrás uma colega fez uma partida ao marido que eu adorei e resolvi aplicar este ano ao marido. Liguei-lhe de manhã e quando atendeu o telefone eu e os miúdos cantámos-lhe os parabéns. Ele gostou bastante do telefonema até que começou a perceber que aquilo não ficava por ali. Entretanto já lhe mandei meia dúzia de mensagens para o telemóvel pessoal, mais meia dúzia para o particular. Já lhe enviei os parabéns pelo facebook. Estou farta de lhos mandar pelo messenger e já perdi a conta aos email que lhe enviei.

Ele, coitado, já me escreveu de volta a dizer que já chegava mas eu não desisti. Vou continuar a enviar-lhe os parabéns até chegar a casa. Ele já nem me responde pelo que presumo deve estar danado comigo.

Já sabem que se deixarem de ter noticias minha ou se ouvirem alguma noticia estranha do género:" homem espanca mulher por esta lhe desejar os parabéns demasiadas vezes" somos nós.

P.S: Amor se estás a ler isto quero desejar-te os paragens!!!!!

Primeiro aniversário.

Os nossos meninos fizeram um aninho. Aproveitamos a ocasião para tratar de os baptizar assim como o Leonardo. Portaram-se todos lindamente na igreja, a cerimónia foi bonita e o padre até lhes cantou os parabéns. A festa passou a correr, serviu para rever familiares e por a conversa em dia. Serviu também para comer, sim porque a minha família não brinca em serviço. Até os bolos desapareceram num ápice, nem deu tempo de tirar fotos ao interior. Ao todo compramos três bolos, cada um mais bonito que o outro é cada um melhor que o outro. Quando cantamos os parabéns muita gente comentava que estavam cheios mas assim que se abriram os bolos a conversa foi outra. O de anos era de extra chocolate com ganche da chocolate, muito bom. Quando abrimos o de baptizado dos gémeos a sala ficou com um aroma a caramelo, deu logo vontade de provar o bolo de caramelo com recheio de doce de leite. O bolo do Leonardo era um bolo simples de iogurte porque o meu menino só gosta deste bolo, também estava muito bom. Éramos 50 adultos com 5 bebés, 3 crianças com menos de três anos e 9 crianças entre os 4 e os 12 anos, mas parecia que não havia meninos. Portaram-se todos muito bem, não ouve choros, nem birras apenas diversão e sonecas( no caso dos mais novos). No fim ficou o cansado, mas aquele cansado bom. Ontem estava tudo exausto, os gémeos dormiram imenso e os mais velhos tiveram moles o dia todo. Deixo-vos algumas fotos.

2015-07-13 19.20.45.jpg

20150711_135602.jpg

2015-07-13 19.28.05.jpg

20150713_191057.jpg

20150713_191504.jpg