Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Relação amor ódio

No fim de semana ouvi a seguinte conversa:

- Quando for pai vou apagar todas as gravações dos meus filhos. - explicava o Leonardo ao Guilherme revoltado porque o pai apagou os milhares de episódios que tinham nas gravações da box.

- Ó Leonardo quando fores pai não podes fazer isso.

- Posso sim o pai fez o mesmo comigo.

- Mas Leonardo se fizeres isso os teus filhos vão odiar-te.

- Não faz mal eu também odeio o pai.

Não consegui deixar de rir depois de ouvir a conversa. A relação do Leonardo com o pai sempre foi uma relação de amor ódio e eu já nem me meto no assunto. Sei que o rapaz fica furioso quando o pai faz algo que contrário ao que ele quer e é frequente dizer que não gosta do pai ou que gostava de ter outro pai. A coisa é tão frequente que já nem ligamos.

Mais tarde o marido estava no sofá a ver os Simpson e o Leonardo correu a sentar-se ao pé do pai. Em vez de se limitar a sentar optou por aninhar agarrado ao pai e ouvi o marido gozar com a situação:

- Não como é Leonardo. Estás sempre a dizer que não gostas de mim mas depois passas a vida agarrado a mim.

- Agora já gosto um pouco de ti. - disse o rapaz para acabar com a conversa

Eu fico de fora a ver estas cenas entre os dois e acho imensa piada. Andam sempre às turras mas não se largam.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.