Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Quem é que fica mais nervoso num parto? O homem ou a mulher?

Da ultima vez que estive na urgência com o Santiago assisti a uma cena muito engraçada. Eram cinco da manhã, eu tinha tirado uma senha e aguardava que nos chamassem para a triagem, quando passa um homem muito apressado à minha frente e começa a falar com a senhora da recepção. Estava com um tom de voz alterado o que me chamou a atenção. Ouvi uma menção à mulher que estava gravida e com muitas contracções. Pensei que a senhora devia estar aflita no carro e que ele tinha ido buscar ajuda. Entretanto uma pessoa entra no meu campo de visão, essa pessoa dirige-se para a máquina das senhas. O senhor continuava a insistir que a mulher estava muito aflita e a senhora da recepção a explicar-lhe que tinha que tirar uma senha para fazer a inscrição. Estavam os dois a meio desta troca de palavras quando ouvi:

- Toma lá a senha e para de discutir.

Percebi então que a pessoa que tinha entrado era nada mais nada menos que a mulher gravida do senhor. Sim apresentava uma barriga de final de tempo mas parecia estar muito mal. Não tão mal ao ponto de o senhor a ter deixado fazer o percurso sozinho enquanto ele corria para a urgência. Acabaram então de fazer a inscrição e a senhora explicou que tinha que esperar para ser chamados à triagem. Ouvi-o resmungar que não podiam esperar. O ecrã mostrou o nosso numero, eu dei a mão ao Santiago e dirigi-me ao local. Estava a entrar a porta quando o senhor passa por mim a grande velocidade e quando chego à sala de triagem está a dizer ao enfermeiro que a mulher está muito aflita. O Enfermeiro diz que têm que esperar e manda-nos entrar na sala. Eu disse que não me importava que os atendesse primeiro afinal também já estive gravida mas o enfermeiro disse-me que primeiro ia ver o menino.  Fomos então encaminhados para a urgência pediátrico onde fomos atendidos e tratados. Quando esperávamos uma das portas que dão para outros serviços abriu-se e vejo sair o tal senhor da mulher gravida e uma auxiliar. Esta explicou-lhe que devia carregar no botão, sair pela porta que se ia abrir e esperar na sala lá fora que o chamassem.

Ele saiu e passados dois segundos começa a soar um alarme altíssimo. Começo a ouvir passos a correr pelo corredor e vim espreitar o que se passava. Estavam então duas enfermeiras, duas auxiliares e uma médica a rirem-se que nem perdidas. No meio delas estava o senhor com ar de quem tinha feito asneira. Elas explicaram-lhe que ele tinha entrado na sala de casos graves e apertado o alarme de reanimação. Elas vieram a correr que nem loucas para reanimar alguém e encontram um senhor desnorteado. As instruções que lhe tinham dado eram para carregar num botão e sair pela porta que o botão acciona. O que ele fez foi entrar na primeira porta que viu e carregar num botão.

O que os nervos fazem a uma pessoa. Eu assisti a esta cena e lembrei-me do meu marido aquando dos meus partos. Recordei que também ele ficou extremamente nervoso, recordei também histórias de amigos e conhecidos em que todos eles ficaram nervosos. Tudo isto fez-me perguntar quem é que fica mais nervoso num parto, o homem ou a mulher?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.