Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Os impossíveis horários dos pais

Uma das coisas mais dificuldades nesta profissão de pais é a gestão de tempo, principalmente para quem, tal como nós, tem mais do que um filho. Várias escolas para visitar de manhã e à tarde. Várias reuniões a frequentar. Dias em que o mais velho acaba as aulas a horários que implicam que tenhamos que abdicar da hora de almoço para o ir buscar. Dias em que as aulas acabam a horas em que a única solução é ficar na biblioteca da escola até que um de nós o vá buscar.

Para além de todos estes problemas este anos temos alguns novos. O Guilherme vai ter umas horas de explicações com a esperança que isso o faça aprender métodos de estudo. O Leonardo quer voltar a ter aulas de basquetebol que ocupam 3 fins de tarde. Queremos também colocar os gémeos na natação duas vezes por semana porque é benéfico para a saúde deles. Queremos isto tudo mas não cabemos bem como. Tenho estado aqui a olhar para os horários e a tentar perceber como vamos conseguir fazer isto todo. Temos dias em que um tem aulas das 17:30 às 18:45 e os outros entram na piscina às 18:50. Para além disso temos ainda banhos e jantar depois disto tudo. Se vamos conseguir? Claro que sim, pelos nossos filhos fazemos sempre tudo. Claro que isto implica que não vamos ter tempo, nem provavelmente dinheiro, para pensar nalguma modalidade para nós o que também nos faz falta. 

É assim a vida de pais, sempre a gerir prioridades e sempre a por os seus interesses no fim da tabela.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.