Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

O Amigo Gigante

Tivemos a sorte de ganhar um convite duplo para a ante-estreia do filme. Inicialmente pensei em deixar ir os dois mais velhos e eu ficava à porta à espera deles. No entanto o Leonardo não quis ir ver o filme pelo que fui eu e o Guilherme. Em parte percebo porque o Leonardo não teve vontade de ir, apesar de ser um filme de animação é um filme mais direccionado para uma faixa etária diferente da do Leonardo, se bem que acho que teria gostado se lhe tivesse dado uma hipótese.

Eu fui com bastante curiosidade mas também com algum receio de não gostar. Por norma não gosto de filmes que juntam desenhos animados e pessoas mas neste caso não me fez confusão nenhuma. Os bonecos estão de tal forma realistas e bem feitos que nem conseguimos perceber ao certo o que é real e o que não é. As paisagens são incríveis que até parece que estamos a passear nelas. O filme transporta-nos para o mundo imaginário dos sonhos.

A história fala sobre uma menina Sofia que vive num orfanato. A Sofia vê o que não devia ter visto e é raptada pelo gigante. Com o decorrer do filme vemos crescer a mais improvável amizade e os dois amigos enfrentam muitos perigos para poderem continuar juntos. Percebemos que temos que enfrentar os nosso medos e lutar pelo que queremos.

Eu e o Guilherme adoramos o filme. É bastante engraçado, existe uma parte do filme em que nos rimos tanto que até já nos doía os maxilares.

Steven Spielberg sempre a surpreender-nos.

Deixo-vos o trailer.