Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Muitas vezes preocupamos-nos em vão.

Ontem foi o primeiro dia das actividades de férias. Ás 8h lá estava eu a deixar o Gui e o Leo na escola. Vi os respectivos grupos, informei a monitora que estava no portão e ela tratou de encaminhar os meus meninos.

Subi as escadas e, como sempre, olhei para dentro da escola só para ter certeza que estava tudo bem. Vejo então os meus filhos, de mãos dadas, no meio do pátio da escola. Fiquei um pouco há espera para ver e eles não se mexiam, lá continuavam agarrados um ao outro com um ar perdido e desnorteado.

A minha vontade foi ir busca-los imediatamente mas depois pensei que tenho que os deixar crescer e desenrascar. Olhei de novo, vi que algumas monitoras já estava a tratar de os separar e encaminhar para os respectivos grupos.

Vim trabalhar e passei o dia todo a pensar se estariam bem? Será que comeram? Será que se divertiram? Será que puseram os bonés? E o protector solar?

Sai as 18H e apressei-me para chegar a casa. Assim que entrei fui logo questionar como correu o dia. A resposta que obtive foi que o dia foi muito fixe. Ser deve ter sido pois estavam tão cansados que nem quiseram jantar.

Hoje já entraram sem qualquer problema.