Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Fomos ao circo

No sábado fomos passar a tarde no circo. Eu estava na duvida se leva ou não os gémeos e vinha reflectir sobre o assunto à alguns dias. Entretanto, o marido informou-me que tinha jogo da bola pelo que ficou decidido que os gémeos iriam connosco. Chegados ao circo andaram num carrossel, eu andei também ao lado do carrinho deles com medo que começassem a chorar. Qual chorar, qual quê, adoraram andar às voltas. Choraram sim quando os tiramos de lá.

2015-11-30 12.04.40.jpg

2015-11-30 12.05.09.jpg

Entretanto, estava a começar o espectáculo pelo que nos apressamos para os lugares. O circo começou e o Salvador ficou igual a uma estátua. Olhava para as luzes, para as cores e para as pessoas com muita atenção. O Santiago estava mais inquieto, mas acho que era porque não conseguia ver bem. Sugeri a avó que fosse para ao pé dos mais velhos onde teriam mais visibilidade e a coisa resultou.

2015-11-30 12.05.57.jpg

Três dos meus meninos, todos concentrados a ver os artistas.  O Salvador continuou ao meu colo especado a ver o espectáculo, acho que só desviava os olhos da pista para afundar a mão no pacote das pipocas.

2015-11-30 12.07.02.jpg

 Tirei-lhe uma selfie e ele nem ligou ao telemóvel, pasmem-se. Reparem no olhar atento e nas mãos cheias de pipocas.

Estiveram sossegadinhos até ao intervalo. Ai, a coisa complicou mais um pouco porque se toda a gente se podia mexer eles também queriam. Tivemos que os entreter um pouco ao colo. Quando começou a segunda parte o Santiago começou a dar ares de frustração. Estava cheio de sono mas não queria dormir. Lutou um pouco com a avó mas adormeceu um pouco depois. O Salvador continuava quietinho a ver tudo até, que a cerca de dez minutos do fim, se voltou para mim, abraçou-me e adormeceu de exaustão. Ferraram os dois de tal maneira que nem a musica, nem os aplausos do fim os acordaram. Esperamos que a confusão passasse e lá saímos da primeira tenda.

Tínhamos prometido uma voltinha nos carrinhos de choque aos mais velhos e, como nunca devemos quebrar uma promessa, lá fomos nós. Eu e a avó sentamos-nos num banco ao pé dos carrinhos enquanto eles deram não uma mas duas voltinhas.

2015-11-30 12.08.29.jpg

 A qualidade está péssima mas tentem segurar um bebe e tirar uma foto a algo que nunca está parado.

Saímos do circo exaustos. O marido ainda nos tinha desafiado para passarmos pelo campo da bola mas estava um frio de rachar e as minhas costas não aguentavam mais colo aos gémeos. Optei por seguir directamente para casa para dar jantar aquela malta toda. Ainda pensei que não teriam fome depois das pipocas, algodão doce, chocolates e sei lá mais o que é que comeram. Mas a verdade é que os rapazes tem sempre fome e os meus tem fome de leão.

Adormecemos todos cedo do cansaço mas um cansaço bom.

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.