Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Falta qualquer coisa

Os avós foram uns dias para fora e quiseram levar os miúdos. Eu fiquei muito renitente mas, depois de ponderar bastante com o marido, acabei por aceitar que levassem os mais velhos. Achamos que ficar com os quatro durante alguns dias seria demasiado cansativo, afinal os avós também merecem algum descanso.

Partiram então no sábado de manha e desde essa altura sinto-me incompleta. Sei que eles estão bem e a divertir-se imenso mas o meu coração não deixa de sentir a falta deles. Por um lado o fim de semana correu lindamente. Conseguimos dar mais atenção aos pequenos, saímos e passeamos. Os gémeos descansaram melhor devido à ausência de barulho dos irmãos. Eu cheguei a domingo à noite sem a dor de cabeça que me assiste sempre neste dia ,devido ao barulho a que sou sujeita durante todo o fim de semana. Sim, correu tudo muito bem e num ritmo muito mais calmo mas sinto saudades do rebuliço. Sinto falta dos gritos do Leonardo, das palhaçadas do Guilherme e dos molhes de meninos pelo chão da casa. Até sinto falta da implicância entre os dois mais velhos. Mas o que me custa mais é não lhes dar um beijo de boa noite, não receber um abraço e um beijo de volta enquanto os aconchego na cama.

Ontem percebi que não sou só eu que sinto a falta deles. O Salvador fartou-se de dizer o nome dos irmãos como se perguntasse por eles. Apontava a roupa que eu passava a ferro e dizia Guilhé. Ouvia barulho na escada e vinha logo a dizer Guilhé. Apontava para o poster dos quatro e dizia mano.

Temos que nos habituar que não podemos estar sempre juntos. Se gostamos deles temos que perceber o que é melhor para eles e deixa-los ir. Sei que estão a gozar a liberdade da vida no campo, a respirar ar puro e isso é mil vezes melhor que  estarem aqui connosco. Só espero que os dias que faltam voem para podermos estar todos juntos novamente.

10 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina 01.08.2016 12:53

    Estou a aproveitar mas parece que estou incompleta :)
    Tenho que me habituar dentro em breve já vão querer mais liberdade e eu tenho que conseguir gerir.
  • Imagem de perfil

    Sofia 01.08.2016 12:56

    E vocês casal também precisam de tempo para os dois, nem sei como conseguem gerir essa parte?!
  • Imagem de perfil

    Catarina 01.08.2016 13:00

    Costumo dizer que a nossa relação está em pausa.
    Estou a brincar mas não é nada fácil .
  • Imagem de perfil

    Sofia 01.08.2016 13:05

    Só pode!lol
    Se para os casais com filho é complicada, com quatro, Jasus!
  • Imagem de perfil

    Catarina 01.08.2016 13:18

    Costumo brincar com o marido dizendo para ele esperar por mim que eu vou esperar por ele. Daqui por uns anos já vamos ter tempo de sobra um para o outro, tanto que até nos vamos enjoar um do outro
  • Imagem de perfil

    Sofia 01.08.2016 14:38

    Agora é impossível enjoar!
  • Imagem de perfil

    Catarina 01.08.2016 16:30

    Agora não dá tempo
  • Imagem de perfil

    Sofia 01.08.2016 17:31

    Tem tudo para dar certo! :) Ahaha
  • Imagem de perfil

    Catarina 02.08.2016 09:20

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.