Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Exercício matinal

Nada como fazer um belo exercício matinal para despertar melhor. Chegar a sala  e deparar-me com uma pequena osga toda contente na nossa parede. Sou uma pessoa que adora todos os animais excepto um e claro que essa excepção são as osgas. Perante a visão do animal pensei fazer o que sempre vi a minha mãe fazer, fechar a porta e deixar para o marido resolver depois. Lembrei-me imediatamente que a sala não tem porta por isso não havia como garantir que ficava enclausurada lá. Só conseguia imaginar o bicho a esconder-se algures lá em casa e não sermos capazes de nos livrar dele. 

Pensei então como me iria livrar do animal e manter-me fiel ao principio de não fazer mal a um ser vivo. Fui então buscar uma folha de papel e andei atrás da osga para que subisse para a folha. A sacana era teimosa e apenas fugia para o sentido contrário. Eu teimosa sou e estava certa que ela acabaria por subir. Depois de muito andar atrás dela acabou por ceder e subiu para a folha que eu amachuquei prontamente para garantir que não conseguia sair. Corri para a libertar no quintal completamente petrificada pelo medo que conseguisse escapulir e me subisse para a mão. Estou arrepiada só de pensar nisso, é um bicho que me mete nojo. Até gosto de lagartos, acho piada as sardas, aforo camaleões e iguanas mas osgas não então no esquema. 

Felizmente consegui chegar ao quintal antes que ela se escapulisse e lá a deixei no lugar dela. Regressei a casa aperreada por todo aquele exercício físico e stress.

Resta-me esclarecer que o animal era ainda bebe e não tinha mais que cinco centímetros. Eu tinha toda a razão para estar nervosa não?

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.