Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

E a noite trouxe a chuva

Acordei com o som dela a cair e fui invadida por uma euforia. Tive que me levantar e ir espreitar à janela para ver se não estava a sonhar. Lá fora ela caia com força e vinha acompanhada por uma trovoada intensa. Eu deixei-me estar a observar aquele espectáculo da natureza. Senti o cheiro da terra molhada e com ele a esperança que o novo dia fosse um dia melhor. Agradeci à natureza por vir em auxilio dos que precisam e secretamente pedi que encontrasse o caminho para as zonas de fogo que estavam incontroláveis. Almejei que chovesse, chovesse muito, tanto que lavasse o nosso pais de alto a baixo. 

Passado um pouco ela deixou-me e seguiu viagem para zonas mais necessitadas. Hoje acordei e a primeira coisa que fiz foi espreitar as noticias. Ouvi que os fogos estão quase todos extintos e os poucos que ainda lavram estão controlados isso colocou-me um sorriso no rosto. Provavelmente não devia conseguir sorrir devido as perdas que sofremos nos últimos dias mas não consigo evitar sentir-me feliz por ver esta calamidade controlada em vez de ver o numero de feridos e mortos a subir.

 

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.