Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Digam lá que nunca vos aconteceu.

Uma pessoa vai a conduzir na auto-estrada a uma velocidade moderada. Depara-se com um carro à sua frente que segue demasiado devagar. Mudamos de faixa para ultrapassar o carro e das duas uma, ou conseguimos ultrapassa-lo, ou o condutor começa a acelerar pelo que só nos resta desistir e voltar para trás dele. Se voltamos para trás dele, este acaba por voltar à velocidade reduzida a que seguia inicialmente, o que nos faz ter que voltar a tentar uma ultrapassagem. O veiculo pode até acelerar mas nós aceleramos ainda mais porque estamos fartos de ir atrás dele.

Quando o conseguimos ultrapassar continuamos a nossa viagem e afastamos-nos dele. Um pouco mais à frente somos ultrapassados pelo dito carro que circula a uma velocidade bastante elevada. Pensamos para nós que acordou já que mais parecia vir a dormir ao volante. Entretanto começamos a aproximarmo-nos de um carro que circula à nossa frente. Surpresa das surpresas! É o veiculo que ultrapassamos e que nos passou à pouco, outra vez a passo de caracol. Ultrapassamo-lo mais uma vez e somos ultrapassados uns quilómetros mais há frente.

Chega a um ponto em que só nos apetece agredir o outro condutor porque em vez de seguir a uma velocidade constante prefere andar a dificulta-nos a vida. Será que é só a mim que isto acontece? 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.