Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Descobri que existem pessoas piores que eu, ou talvez não...

Na semana passada fui buscar o Guilherme à musica para seguirmos directamente para a piscina. Para variar não havia onde estacionar mas reparei que um dos carros ia sair pelo que fiquei à espera do local. O adulto estava dentro do carro e o menino saiu sozinho do pavilhão. Chegou ao pé do carro, abriu a porta traseira do lado do condutor e colocou a mochila. Fechou a porta e o adulto arrancou com o carro. Primeiro pensei que o pai ou mãe estivesse a brincar com ele e acho que o menino pensou o mesmo. Só que o carro não parou, saiu do lugar de estacionamento e começou a avançar pela estrada. O menino começou a bracejar mas, ao ver que o carro não parava começou a correr, fez corta mato pelo passeio e apanho o carro na curva. Ao mesmo tempo, eu fartei-me de buzinar na esperança que o adulto se apercebe-se que se tinha esquecido da criança. Claro que o menino acabou por entrar no carro e seguiram viagem.

Eu fiquei a pensar como é que aquele pai, ou mãe, não se tinha apercebido que o menino nunca tinha chegado a entrar no carro. Depois lembrei-me que também nos aconteceu uma situação um pouco semelhante. Já foi a alguns anos atrás, na altura estava grávida do Leonardo e o Guilherme tinha perto de dois anos. Compramos uns móveis novos no Ikea, quando chegamos a casa quisemos logo montá-los. Abrimos as caixas no patamar do prédio e trouxemos as madeiras todas para dentro de casa. Quando já tínhamos tudo dentro de casa fechamos a porta de casa. Passado um pouco alguém nos bateu à porta e ouvi o Guilherme chamar por mim, mas o som não vinha de dentro de casa. Abri a porta e percebi que tínhamos deixado o menino esquecido nas escadas

E a vocês já aconteceu algo parecido?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina 05.02.2016

    Acho que o menino ficou mais aflito quando viu o carro a começar a andar sem ele :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.