Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Desafio de escrita dos pássaros #1

Quando, na segunda-feira, abri o email com o tema para o desafio dos pássaros pensei que só podiam estar a gozar comigo. Por certo tinham lido a minha publicação sobre um carro morto no primeiro dia de férias. Só assim poderiam ter chegado ao tema "problemas, só problemas".

Posto isto questionei-me:

- O que raio  vou escrever sobre este tema?

Não me parece boa ideia vir para aqui chorar todos os problemas que se cruzaram comigo durante estes últimos tempos. Até porque se assim o fizesse iria precisar de mais de 400 palavras.

Então o que escrever? Como abordar o tema? 

Optei por escrever sobre o meu ponto de vista sobre os ditos. Considero que sou uma pessoa muito positiva. Daquelas que concorda com "o que não nos mata apenas nos torna mais fortes". Penso que na vida só não existe remédio para a morte. Tudo o resto são obstáculos que vão surgindo no nosso caminho. Pedras que nos ensinam coisas, que nos moldam a personalidade. São os problemas que encontramos e que superamos que nos tornam quem somos. É graças a eles que nos tornamos mais gratos pelo que temos. São estas lutas constantes que dão um significado à nossa vida. Se tudo fosse lindo e perfeito não tinha piada.

 A minha métrica é sempre agarrar o touro pelos cornos, montar e domar. 

Melhores dias virão.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.