Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Convivendo com o Salvador

O Salvador é um menino feliz. Está sempre de sorriso contagiante nos lábios. Adora fazer palhaçada só para nós fazer rir. É difícil manter uma cara séria ao pé dele.

Está também um fala barato, fala, fala e fala o dia todo. Por vezes, dou por mim a pedir um minuto de silêncio no meio da sua tagarelice. Os temas são os mais variados, relembra coisas passadas, questiona coisas que ouviu, mostra preocupação com este vírus e desejo de compreender muitas coisas. É um curioso por natureza e não tem medo de o mostrar.

Tem um coração grande, é carinhoso, compreensivo mas começa a fazer frente ao irmão. Um dos meus grandes receios era que o Santiago fosse dominante perante o irmão ( coisa que acontece a muitos gémeos), mas agora não me parece que isso vá acontecer. Talvez porque sempre os incentivamos a serem eles próprios, amigos um do outro mas lutarem pelo que querem. Explicamos que é normal terem gostos diferentes e que não se devem sentir obrigados a adorar algo só porque o outro gosta. No entanto também tentamos incutir que não podem saber que não gostam de algo sem tentar. O nosso lema é dar um oportunidade e depois decidir.

O Salvador é talvez o filho em que vi mais mudanças nos últimos tempos. Noto nele um crescimento interior que só se vê muito ao de perto. É uma sabedoria que fica camuflada pelo seu sentido de humor. Nos últimos dias tenho trabalhado com ele e percebo que não está menos desenvolvido que o irmão, como eu inicialmente pensava. O Santiago é óptimo com números enquanto que o Salvador prefere as letras. É muito satisfatório perceber que apesar de tão iguais são muito diferentes no interior. 

Também revelam gostos em comum nomeadamente ganhar à mãe. Quando me chamam para jogar com eles ao Uno já sei que trataram de tudo para me derrotar. Sabem fazer complô entre eles sem precisarem falar.

Mais do que isto tudo o Salvador é um aventureiro. Temos que estar sempre de olhos abertos porque está constantemente a fazer coisas perigosas. Desde estar aos pulos nas camas de cima dos beliches a trepar o gradeamento das escadas. Tudo fruto da sua imaginação fértil...

Também adora água, não perde uma oportunidade para se molhar. Quando vai para o quintal é necessário vigiar de perto caso contrário acaba encharcado. 

Não gosta de televisão, passa dias inteiros sem olhar para ela. Prefere brincar, ou exclamar bem alto que está aborrecido, a sentar-se à frente dela.

Tem uma fome de leão. Está sempre a pedir comer e come com uma satisfação que dá gosto. Adora tudo desde sopa, vegetais e peixe. Devora brócolos, salada e feijão. Apesar de tudo o que ingere está sempre magro, talvez porque nunca para quieto. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.