Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Coisas que adorava e passei a odiar

Quando compramos a nossa casa fiquei encantada com certos pormenores. Atrevo-me a dizer que fiquei mesmo apaixonada pelos lindos roupeiros espelhados e pelas portas envidraçadas. Os roupeiro para além de bonitos fazem com que os quartos pareçam maiores. As portas não cortam a luz o que faz com que a casa seja mais clara.

Como eu adorava estas características da minha casa. Digo adorava porque desde que fui mãe essa adoração transformou-se em ódio.

2016-04-12 10.28.12.jpg

 Roupeiros espelhados que estão sempre sujos. Nem quero imaginar o que aconteceu neste.

2016-04-12 10.27.37.jpg

 Portas envidraçadas de onde se podem tirar mais de mil impressões digitais. É impressionante como estão sempre sujas. Tratamos de as limpar, passada meia hora, no máximo, já está igual ou pior. Os meus filhos assim que vêm os vidrinhos limpos adoram ir lá encostar o nariz, lamber ou fazer gravuras rupestres.

Se querem um conselho fujam destas coisas porque são sinónimo de escravidão.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.