Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Cada vez estou mais convencida que erramos nas prendas.

Bem não erramos nas prendas em si. Parece-me que éramos sim a quem se destinavam. Oferecemos a bateria ao Guilherme e são os gémeos que se divertem à grande com ela. A avó ofereceu um carro ao gémeos e são os mais velhos que se divertem com eles.

2015-12-30 09.56.54.jpg

O Leonardo ainda percebo afinal os seus seis aninhos ainda estão muito verdes.

2015-12-29 11.45.32.jpg

Agora não percebo este matulão que mal cabe no carro.

2015-12-30 09.57.21.jpg

Ontem deram em fazer corridas pela casa, cada um num carrinho. Claro que passado um pouco estava à guerra sobre quem andava no novo.

Enfim, pelo menos não há brinquedos encostados. O que um não gosta, faz as delicias de outro dos três.

Só referir que acertamos na prenda do Leonardo que para ser original foi mais lego. Desde o Natal que tem passado, quase, o tempo todo no quarto a montar e a desmontar os seus brinquedos preferidos.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina 30.12.2015

    Já sorri a ler o teu comentário. Eu cresci com um irmão e ainda hoje nos rimos das nossas peripécias de crianças. Ora andávamos às turras, ora éramos os melhores amigos.
    No outro dia fui resmungar com os mais velhos, porque já era tarde e eles ainda estavam aos cochichos de uma cama para a outra. Sai do quarto deles com um sorriso nos lábios porque me recordei do tempo em que fazia o mesmo com o meu irmão :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.