Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Bom versus mau

Uma das coisas que mais gosto desta zona para onde moramos é a tranquilidade. É um sossego imenso. Um sossego da parte dos ruídos produzidos pelas pessoas porque os dos animais estão bem pressentes. Todos os dias adormeço com os grilos a cantar e acordo com o chilrear do pássaros. À noite consigo visualizar um céu perfeitamente estrelado já me tinha esquecido da quantidade de pontos brilhantes que conseguimos ver quando a luz das cidades não os ofusca.

No entanto nem tudo é perfeito, temos um problema com insectos. Se não tivermos cuidado temos moscas por todo o lado. Se deixamos uma migalha no chão depressa temos um carreiro de formigas que entram pela porta aberta do quintal até ao alimento. O pior, o pior de tudo são as melgas. Acho que ainda não ouve uma noite em que não tenha ouvido o zumbido de uma melga. Se estamos na sala vemos uma à frente da televisão. Se vou adormecer os pequenos deparo-me com uma no quarto. Depois encontro outra no meu. Passamos a vida a caça-las mas mesmo assim escapa sempre alguma, os rapazes andam todos mordidos. É assim não há nada perfeito na vida. Já agora se tiverem um remédio milagroso para acabar com as melgas não deixem de partilhar, por favor.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.