Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Bazar na Escola

A escola dos mais velhos pediu a todos os pais e familiares que dessem bugigangas para um bazar de Natal. Agora dá-nos a magnifica oportunidade de adquirir algumas dessas coisas. Inicialmente achei a ideia um pouco descabida. Se o objectivo é angariar fundos para a escola porque não pedir dinheiro aos pais? Pensei que seria muito mais rápido pedir dinheiro do que proceder a toda a logística do bazar.Ore vejamos tem que catalogar as coisas, fazer rifas, despender de alguém para fazer as vendas. Achei que era uma autêntica perda de tempo.

Achei mas entretanto mudei de ideias, ou melhor as crianças fizeram-me mudar de ideias. Tenho visto um comportamento diferente da parte delas. De manhã entram felizes e apressadas com alguns trocos a chocalhar nos bolsos e correm a gasta-los no bazar. Abrem as riras com entusiasmamos, ansiosas por saber qual o prémio que lhes saiu. Por vezes o prémio não é o esperado mas a desilusão desaparece quase instantaneamente quando percebem o que ganharam.

Ao fim do dia saem da escola com um sorriso nos lábios e com as mochilas repletas de pequenos tesouros. Saem em pulgas para contar e mostrar aos pais os magníficos presentes que ganharam.

Cá em casa já temos uma pequena colecção de tralhas ganhas no bazar.

2016-11-30 11.32.28.jpg

 Agora estou em processo de convencer os rapazes a partilhar as tralhas com familiares. Assim a prendem a partilhar o que ganharam o que têm muito mais significado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.