Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Aos olhos dos outros

A percepção que os outros têm de nós é uma coisa que me tem dado que pensar. Ainda no outro dia, uma colega me dizia que eu era tão organizada que deveria dar concelhos e dicas a outros.

Eu ouvi o comentário e fiquei a remoer no assunto. Afinal não é a primeira vez, nem a segunda vez, que pessoas me dizem que sou muito organizada e que gostariam de ser como eu. Já ouvi pessoas  a referir que sou perfeita.

Estes comentários colocam um peso enorme em cima dos meus ombros. Primeiro, porque não sou perfeita, nem estou perto de o ser, não acredito que tal possa ser alcançado por um ser humano. Segundo, porque não me sinto assim tão organizada. É verdade que os meus filhos tem uma casa sempre limpa, refeições caseiras na mesa, roupa lavada, afecto, carinho e mimos... Mas tudo isto é conseguido com imenso esforço. Grande parte dos dias tenho de me esquecer de mim para conseguir fazer tudo. E claro que não o faço sozinha, principalmente desde que voltei a trabalhar, o marido tem dado um apoio fantástico. Mesmo com todo o apoio sinto-me impotente com o que não posso controlar no dia a dia.

Em certas alturas parece que estou a nadar num mar imenso onde, por mais que me esforce, não saio do mesmo lugar.

Outros dias, em que as tarefas se  acomulam e os dias não são infinitos, sinto que estou a falhar.

Claro que também temos dias bons em que tudo colabora e conseguimos voltar aos eixos.i

Fica a verdade,  estou longe de alcançar a perfeição. Somos humanos, erramos e seguimos em frente, erramos noutras situações e aprendemos coisas novas.

Não tirem conclusões apenas pelo que é visível. Não falo só porque muitos são os que vivem de fachada, mas também porque "quem vê caras não vê corações".

É muito fácil falar e deduzir coisas sobre a vida dos outros. Deduções estas que, quase sempre, serão erradas.

Deixemos de buscar a perfeição. Ser feliz e realizado é tudo o que importa. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.