Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Antes de dormir

Gosto de ler um pouco antes de dormir. Não precisa de ser muito, basta um pequeno capítulo, meia dúzia de páginas para me ajudar a desligar das preocupações do dia a dia.

Nos últimos dias este pequeno momento deixou de ser só meu, uma vez que, o Salvador aparece sempre para se enfiar na cama, a meu lado.

Eu tento continuar a ler mas ele resolve falar igual a uma matraca, é impressionante como mesmo depois de tantos dias inteiros comigo tem sempre algo para me contar. Claro que não tenho outro remédio se não pousar o livro e ouvir tudo o que lhe vai na alma.

Não quero dizer que o faço contrariada, antes pelo contrário tenho apreciado imenso este pequeno momento a dois. É capaz de ter conversas mais fluentes que um adulto e revela uma preocupação pelo futuro que me deixa surpresa. Ontem agarrado a mim suspirou:

- Mãe se não fosses tu eu não era nada!

- Claro que não meu filho. Tu tens com coração gigante e serás sempre maravilhoso, com ou sem mim.

- Eu só sou bom porque tenho uma mãe muito boa. Se tu fosses má eu seria um menino mau.

- Tu és genuinamente bom só tens que continuar assim. 

Fiquei depois a analisar este raciocínio do rapaz. Mal ele sabe que tantos pais bons criam maus seres humanos. E que tantas lástimas de pais trazem ao mundo seres brilhantes.  A vida não é tão preto no branco como o meu Salvador pensa. Um dia vai perceber que tentamos fazer o melhor sem certezas que estamos a conseguir. 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.