Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

A coragem não veio

Em Outubro deste ano os rapazes voltaram à natação. Os gémeos voltaram a ter aulas com a professora inicial que retornou de licença de maternidade. Digamos que a coisa não começou muito bem. A professora é exigente e aperta com eles. O Salvador só fim de uns dias já adorava as aulas. Com o Santiago a coisa foi totalmente diferente. Chorou todas as aulas durante mais de um mês. Tinha medo de mergulhar na parte mais funda da piscina. Batia o pé e não fazia metade dos exercícios.

Em casa fomos conversando com ele. Falei sobre coragem e desafios.

Os dias foram passando entre choro e conversas até que um dia deixou de chorar. Agora faz quase tudo o que a professora quer. No outro dia estava a todo animado, no caminho, a dizer que ia saltar para a parte funda da piscina dos crescidos. Eu estranhei mas mantive a mente aberta. Assim que viu a professora disse-lhe:

- Professora hoje não trouxe a minha coragem.

As pessoas em redor riram do discurso dele, eu senti o receio inerente .

Vamos continuar a trabalhar para que o medo vai ficando cada vez mais pequeno, e havemos de o superar. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.