Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Manhoso

- Mãe temos tantos sapatos.

- Pois tens Santiago.

- Temos tantos livros.

- Sim temos muitos livros.

- Temos muita, muita, muita comida.

- Temos alguma comida em casa mas porquê?

- Não quero ir à escola.

- Tens que ir à escola amor.

- Porquê? Não é preciso dinheiro para comprar comida, temos tantas coisas.

 

Este rapaz consegue sempre surpreender-me.

 

Onde aprendeu a fazer contas?

Estaciono o carro na escola e vou deixar o Leonardo. Volto ao carro:

- Mãe!

- Sim?

- Agora não somos cinco. Somos quatro.

- pois somos Santiago.

Paro novamente para o Guilherme sair.

- Mãe o Guilherme vai para a escola?

-Vai sim.

- Estão somos três.

- Sim ficamos três.

Quando chego à escola deles:

- Mãe agora fica só um!

Não sei bem como aprendeu a subtrair assim. Não me recordo de os outros fazerem este tipo de ilações tão cedo. Acho absolutamente delicioso

Estou a criar uns galdérios

- Mãe.

- Chiou, dorme mais um pouco.- digo enquanto me deito ao pé dele

- Mas mãe já é um bom dia.

- Não ainda não. Dorme.

- Sim mãe. Olha já é um bom dia, a noite já foi embora.

- Está bem. Vamos levantar.

- Hoje à escola?

- Não hoje é domingo não à escola.

- Então onde vamos? Vamos passear?

- Hoje não.

- Não vamos à festa?

- Não. Hoje vamos ficar em casa a descansar que estamos muito cansados.

- Eu quero ir passear. Dar uma volta.

 

Estes pequenos só querem rua