Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Vou comprar almôndegas

O meu cartão de refeição mudou recentemente. Gastei o cartão antigo e, em vez de o deitar fora, perguntei aos rapazes se o queriam.

Desde esse dia o Salvador não o perde de vista. Dorme com ele, brinca com ele, passeia com ele. 

Hoje de manhã perguntou:

- Mãe hoje quando sair da escola podemos ir ao supermercado?

- O que queres ir lá fazer?

- Agora que tenho um cartão posso comprar almôndegas.

Fiquei radiante por tal pensamento. Poderia ter dito que ia comprar brinquedos, revistas, doces. Em vez disso a comida foi a sua primeira escolha. Que orgulho nestes meus filhos. 

Coração dividido

O dia da nossa viagens aproxima-se rapidamente e eu estou a stressar com tudo. Estou ansiosa por partir e conhecer mais um bocadinho do mundo. Estou nervosa a tentar preparar tudo para que não ocorram falhas. A minha cabeça não para. Fazemos listas do que levar, do que visitar, de onde comer. Fazemos roteiros para sabermos onde parar.

Está quase tudo pronto mas agora chega a pior parte. Deixar os filhos.

Sei que vão ficar bem entregues e que se vão divertir. Provavelmente nem vão sentir a nossa falta mas o meu coração de mãe está a sofrer. 

Dou por mim a pedir para que se portem bem. Para que nenhum fique doente. Peço que se divirtam e não fiquem tristes e com saudades de nós. 

Custa tanto partir sem eles mas a saudade também faz falta na vida. Vou fazer o meu melhor para aproveitar. Vou tentar divirtir-me sem pensar neles a todo o instante. Até lá vou lhes dar muitos beijinhos e abraços para partir de coração cheio. 

Pág. 2/2