Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Quem diria que doar algo poderia ser tão dificil

Temos um cliente que fornece roupa para uma loja de roupa de criança. Acontece que um determinado carregamento de mercadoria não chegou a tempo dos acordos estabelecidos e a marca não aceitou a roupa. O cliente resolveu doar a roupa e pediu-nos para tratar do assunto.

Acreditam se vos disser que foram precisos dois meses para encontrar uma associação que quisesse a roupa. Umas porque não tinham capacidade para tanto. Outras porque estavam cheias de doações de Dezembro. Uma das quais tivemos que escrever ao responsável pela instituição a perguntar se aceitavam a doação e ainda hoje estamos à espera de resposta. Foram horas passadas em telefonemas e email. Tempo gasto a tentar ajudar. Felizmente acabamos por encontrar uma associação que precisa dos bens e ficamos muito felizes por conseguir afinal ajudar.

O meu Leonardo sonha alto!

No fim de semana falavamos sobre as férias. Debatiamos as dificuldades de fazer uma viagem de sete horas com tanta criança no carro e o Leonardo pergunta:

- Vamos para Espanha?

- Ainda não sabemos Leonardo. Porquê?

- Eu gostava mais de ir a outro lado.

- Gostavas? Onde é que tu queres ir?

- Eu gostava de ir ao Dubai!

- Ao Dubai?

-Sim. Gostava de ver o Burj Dubai que é o edificio mais alto do mundo.

- Leonardo o Dubai é muito caro e não temos dinheiro para isso.

- Então podiamos ir a um dos meus outros sitios preferidos.

- E que sitios são esses?

- Gizé, gostava de ver as pirâmides. Ou então Nova Iorque e temos que ver o empire state building.

 

 

Resultado de imagem para imagem boquiaberto

 

Mãe a panicar

O tempo aqueceu e o Leonardo começou a queixar-se de comichão no corpo. Em qualquer outra altura da vida eu nem teria reflectido duas vezes sobre o assunto. Já lido com a erupção cutânea que ele ganha devido ao suor à oito anos pelo que costumo desvalorizar a situação. Por norma reforçamos os banhos tépidos, a hidratação e o assunto fica resolvido.

Quis o destino que esta ultima erupção coincidisse com um recado na caderneta. Recado este que menciona um caso de sarna confirmado na escola. Bastou um simples recado para levantar uma pequena duvida em mim. Tenho estado a panicar com a duvida se é alergia ao suor ou outra coisa. Acho que já vi todos os sites sobre sarna, vi todas as fotos e ainda não consegui sossegar esta minha cabeça. Tudo o que vi e a minha experiência diz-me que não é nada mas depois fica a voz da dúvida a fazer eco na minha cabeça.

 

Pág. 3/3