Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Sempre no nosso pensamento

Deixamos os miúdos na avó e o marido diz:

- Vamos mesmo ter um fim de semana só nosso?

- Vamos...mas não vai ser como antes dos rapazes.

- Não vai pois não? Já estamos a pensar neles.

E a verdade é essa. Divertimos-nos sim mas nunca deixamos de pensar e falar sobre eles. Comentamos como ficariam aborrecidos no museu, como iriam gostar de explorar a catedral, como iriam adorar o parque infantil e qual seria a reacção à capela dos ossos. 

Ser  pai ou mãe significa trazer os nosso filhos sempre no coração.

 

- O que queres para o Natal?

Temos aproveitado estes dias para ir ao parque com os pequenos. Ontem fazíamos corridas pelas escadas a baixo quando fomos surpreendidos por uma vizinha que ia descer também:

- Estava a questionar-me o que se passava aqui. Ouvi tanto barulho e gargalhadas.

- Estávamos a fazer uma corrida.

- Olá Leonardo estás bom?

- Sim - respondeu o rapaz enquanto tentava passar despercebido.

- Então já pedis-te uma prenda ao pai Natal?

-...

- Então não me respondes?

- Eu não pedi nada ao pai Natal.

- Ele recebeu tudo o que queria nos anos e agora está sem ideias para o Natal - inverti eu perante a cara de espanto da vizinha.

Ficamos depois a pensar nisso e percebemos que não nos pediram nada. Mais tarde perguntamos ao Guilherme o que queria para presente e respondeu qualquer coisa. Não sei se hei-de considerar um bom sinal ou não o facto de não quererem algo especifico, o facto de não sonharem com aquele determinado objecto. A meu ver acho que isto demonstra a educação que têm tido, foram criados com tanta simplicidade que aceitam de bom grado tudo o que lhes derem. Acredito também que lhes conseguimos transmitir a mensagem que o Natal é mais que presentes e que o que interessa é estarmos todos juntos.