Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

O amor tem várias fases.

Primeira fase:

- Que tens na mão.

- Aleijei-me.

- Já desinfetaste a ferida? Precisas que faça algo? Queres que vá a farmácia comprar uns comprimidos? 

 

Segunda fase:

- Aleijei-me no pé.

- Ai foi.

- Passei muito próxima duma palete e espetei uma farpa no dedo. Acho que ainda tenho um pouco de madeira dentro da pele mas não consigo tirar.

- É bem feito para não andares de sandálias no armazém.

 

Terceira fase:

- O que é que tens na mão?

- Espetei aqui qualquer coisa.

- Isso está feio. Andas-te a mexer? É mesmo típico. Tens é que ir ao médico em vez de andares ai a escarafunchar. Isso parece estar infectado. Não tens juízo nenhum...

 

 

 

Este Leonardo...

- Guilherme dá-me isso se faz favor.- peço eu

- Guilherme tens que entragar isso à mãe.- afirma o Leonardo

- Entra...quê?

- Entragar

- Entregar.

- Pois isso.

 

- Mãe viste aquilo? Aquilo é impissivel não é mãe?

- Não estou a perceber.

- Aquilo que o senhor fez na televisão é impissivel.

- Impossivel?

- Sim isso.

 

- Mãe compraste uma raspadinha?

- Sim comprei porquê?

- As raspadinhas são uma frauda. Quer dizer fraude. As raspadinhas são uma fraude.