Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Quadros mágicos

Acho que foi o primeiro brinquedo que, nós pais, compramos para os gémeos. Reparei que adoravam brincar com um quadro mágico na creche e como não tínhamos nenhum resolvemos oferecer-lhes. 

Como somos poupadinhos e sabemos que estragam tudo, compramos um modelo que nos custou à roda de 10€.

Os pequenos adoraram os quadros e não os largam. Já passou quase um mês e continuam a usa-los sempre. Devo dizer que para o preço até são bastante bons. Sobrevivem a quedas, pisadelas, atropelamentos de carros. 

O único senão deste brinquedo é que os pequenos para além de desenharem também adoram ver os pais desenhar. Agora passamos a noite a tentar desenhar o que nos dizem. Um  deles vêm pedir um carro. Depois pede para fazer o sol, as nuvens, pássaros no céu, árvores,  flores... quando terminamos de colocar tudo o que quer, apaga e pede para fazermos outra vez.

Por um lado estou farta de desenhar, até porque é coisa que não gosto de fazer, mas por outro lado adoro o sorriso com que nos brindam quando desenhamos para eles. Para além de promover algum tempo em família também os ajuda na fala. Aos poucos vamos desenhando coisas novas e ensinando o que são. Assim eles aprendem os nomes e mais tarde pedem-nos para desenhar aquele determinado artigo.

2016-10-12 11.29.44.jpg

2016-10-12 11.29.28.jpg

 

Voltou a chuva

A chuva voltou e por incrível que pareça percebi que estava com saudades. Tinha saudades de a ouvir cair. De sentir o som das gotas a bater nas janelas. Saudade do cheiro da terra molhada. Saudade de, simplesmente andar à chuva.

Estou aqui enroscada no sofá a escrever enquanto me sinto reconfortada por som da água nas telhas. Vou adormecer a ouvi-la o som relaxante dela a cair tal como uma canção de embalar.

Apesar de adorar o calor até estou a gostar do ar mais fresco. Começo a ficar animada ao olhar para as botas e para os casacos que estão guardados à demasiado tempo no armário. Sim, estes aguaceiros estão a saber mesmo bem mas se o calor quiser voltar acho que ninguém se chateia.