Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Perguntas para as quais todos os pais de gémeos devem estar preparados

Li este post da Mula e pensei na quantidade de perguntas parvas que tenho ouvido ultimamente. Na verdade são uma série de perguntas que todos os pais de gémeos costumam ouvir. 

 

São dois?

Esta é talvez a mais utilizada e nunca percebi a forma como é colocada. Não sei se as pessoas pretendem mostrar que sabem contar até dois, ou se nos querem alertar para o facto podermos ter arranjado mais uma criança pelo caminho. Também se pode dar o caso de a pessoa já ter bebido uns copos e fazer a questão para ter a certeza que não está a ver a dobrar como resultado da bebida.

 

São gémeos?

Esta vem, muitas vezes, depois de respondermos afirmativamente à primeira. Portanto já sabem que são dois mas ainda não tem a certeza que são gémeos. Quando falamos de gémeos de sexos diferentes ou de crianças muito diferentes fisicamente ainda percebo a questão. Mas quando se trata de crianças praticamente iguais qual é o duvida?

 

Dão muito trabalho?

Claro que não. Duas crianças de colo, que comer, dormem, choram e adoecem sempre ao mesmo tempo não dão trabalho nenhum.

 

Fez tratamento?

Como se não fosse possível ter gémeos de uma forma natural. É um tipo de pergunta que nunca deveria ser colocada a ninguém. 

 

Conta-me qual é o segredo para ter gémeos?

Parece ridículo mas já perdia a conta às vezes que ouvimos esta. É colocada tanto por homens como mulheres, de todas as raças ou etnias. Já fomos perseguidos na rua por um homem que, abordou o meu marido para que lhe explicasse o que fazer. Aparentemente metade da população gostava de ter gémeos. Já tive quem me dissesse que ia fazer tratamento sem ter problemas nenhuns de saúde. O tratamento seria exclusivamente para garantir que seria dois.

 

Como devem imaginar existem muito mais perguntas mas estas são o meu top 5. Fica a dica para pais de gémeos e futuros pais de gémeos para se encherem de coragem para enfrentar este bombardeamento.

Existe forma melhor de passar o dia?

Será que existe algo melhor que um dia passado em família. Uma mesa de piquenique enorme repleta com comer suficiente para alimentar um batalhão.

2016-09-12 09.20.21.jpg

Sestas dormidas debaixo das copas das árvores.

2016-09-12 09.20.48.jpg

O contacto directo com a natureza. Respirar o ar puro. Muito espaço para correr e brincar. Poder ouvir o som dos animas. Poder dar de comer aos pássaros e chapinhar nos lagos.

2016-09-12 09.21.45.jpg

2016-09-12 09.24.09.jpg2016-09-12 09.25.54.jpg