Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Já começamos

2016-05-04 11.28.57.jpg

 Resolvi aproveitar o facto de estar em casa com eles para começar a mostrar-lhe o bacio. Um só chora que não quer estar lá sentado, o outro só chora porque não se quer levantar. Ontem o Santiago fez chichi no bacio depois da sesta e hoje de manhã também fez. O Salvador nem se quer sentar. Sento-o e levanta-se logo.

Não vou stressar porque sei que só vão deixar as fraldas quando quiserem. Desejem-nos sorte.

Fico de cabelos em pé

Estes meninos mais pequenos vão de mal a pior, é quase impossível estar em casa com os dois sem endoidecer. Apesar de ter as gavetas todas trancadas eles descobriram que conseguiam tirar talheres pela ranhura que fica.

2016-05-04 09.47.26.jpg

 Claro que foi uma animação com eles a tirarem talheres e a espalha-los pelo chão. Adoram atirar tudo o que faz barulho e eu agradeci o facto de os vizinhos de baixo não estarem a ouvir aquela barulheira. Tentei de todas as formas, possíveis e imaginárias, que eles deixassem a gaveta em paz mas sem sucesso. Então resolvi tomar medidas mais radicais uma vez que estava farta de apanhar talheres.

2016-05-04 09.47.41.jpg

 

Sim filmei a bandeja dos talheres, eles depressa perderam o interesse porque já não conseguiam tirar nada da gaveta.

Viraram então a tenção para uma gaveta diferente.

2016-05-04 09.48.08.jpg

2016-05-04 09.48.56.jpg

Desarrumaram, brincaram e até tentaram arrumar mas sem sucesso.

2016-05-04 09.48.29.jpg

Eu arrumei os panos várias vezes mas assim que os arrumava eles iam logo espalhar tudo novamente. Optei por não arrumar mais. Quando o marido chegou a casa arranjou a tranca da gaveta e já não há panos espalhados pela casa.

Perto da hora da almoço fui fazer sopa para lhes dar. Deixei-os entretidos, ainda a brincar com os panos. Estava a descasar as coisas e começo a ouvir um barulho diferente. Fui ver o que se passava e vejo que o Santiago tinha arrastado uma cadeira até ao pé do aparador. Subiu para cima dela e estava todo contente a escavar nas pedras do meu centro de mesa.

2016-05-04 09.49.29.jpg

2016-05-04 09.49.59.jpg

2016-05-04 09.50.11.jpg

 Pedrinhas azuis por todo o lado. Tive uma trabalheira para arrumar tudo.

Depois de almoço dado e casa arrumada fui estender uma roupa que se demonstrou uma tarefa quase impossível. O Salvador não pode ver ma janela aberta que trata logo de a fechar. Nenhum dos dois pode ver o cesto das molas porque espalham as molas por todo o lado. Então eu comecei a estender roupa e vieram logo os dois a correr. Eu pegava numa peça, ia ate ao frigorifico de onde tirara duas molas do cesto, abria a janela e tentava estender a roupa enquanto o Salvador empurrava a janela contra as minhas costelas para a fechar. Eu colocava-me para dentro e ele fechava a janela. O Santiago estava entretido a espalhar a roupa lavada pelo chão  o que me dificultava ainda mais a tarefa. entretanto o Salvador ouviu a musica duns bonecos interessantes e saiu da cozinha.Eu aproveitei para estender a roupa sem estar sempre a abrir a janela e a levar com ela. Vou buscar molas e vejo o Santiago a preparar-se para deitar uma peças de roupa pela janela. Felizmente consegui salvar a roupa mas tive que continuar a abrir e a fechar a janela até acabar.

Perto das  duas da tarde deitei-os para dormir a sesta e adormeceram imediatamente. Até eu dormi a sesta de tão cansada que estava destes pestes.