Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Coisas dos mais velhos

- Mãe, estou a aprender uma letra nova o G. - Diz o Leonardo todo contente

- O G de gato, de galo, de gaiola, de Guilherme. - digo eu enumerando alguns exemplos

- E de gogumelo mãe! - Afirma ele todo contente

 

Oiço os gémeos em cima da mesa de vidro e o Guilherme a dizer-lhes:

- Manos saem dai!

 

Hoje de manhã, o Guilherme e o Leonardo estavam a implicar um com o outro. Às tanta o Leonardo grita para o irmão:

- Tu te calas.

- O quê? - Pergunta o Guilherme

- Tu te calas.

- Não é assim que se diz. Não é tu te calas. Tens que dizes tu cala-te. - diz ele com toda a certeza de estar certo.

 

 

Sempre a desembolsar

Ontem os mais velhos trouxeram recados das escola a pedir dinheiro para as prendas do dia do pai e da mãe. Estão na escola há cinco meses e estão constantemente a pedir dinheiro. Desde Setembro já nos pediram :

  • dinheiro para um passeio passeio
  • dinheiro para castanhas
  • dinheiro para comprar um livro que o autor foi apresentar à escola
  • dinheiro para fotos de natal
  • Copos, talheres e pratos de plástico, bebidas e comer para a festa de Natal
  • dinheiro para mais um passeio
  • dinheiro para uma gramática
  • flautas
  • sapatilhas
  • dinheiro para as fotos de carnaval
  • dinheiro para as prendas do dia do pai e da mãe

Provavelmente ainda me esqueci de alguma coisa. Tenho estranhado um pouco porque na escola onde andavam nunca nos pediam dinheiro para nada. Claro que fiquei contente de receber as fotos deles, é uma recordação bonita com que ficamos e é coisa que não tenho dos outros anos. Claro que gosto que vão a passeios, é bom para eles e apreendem coisas. Claro que gosto de lhes proporcionar tudo e mais alguma coisa, dentro das nossas possibilidades mas ainda não me habituei a este pedir constante.

Será que é assim por todo o lado? Como é na escola dos vossos pequenos, também estão constantemente a pedir ou não?