Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Afinal a fera estava apenas adormecida

Ontem à tarde fui buscar os mais velhos à escola enquanto o marido ficou com os pequenos. Parámos num supermercado porque precisava de uma coisa para o jantar. Depois de pagar o Leonardo perguntou-me se podia ficar com o talão.

-É tão bonito, tem balões e diz anos.

Disse-lhe que sim, sem perceber a piada do talão mas já habituada às excentricidades deste meu filho. Ao pé do carro chamei-lhes a atenção para os cogumelos que cresciam na relva. 

-São tão fofinhos.Este é o melhor dia de sempre! - disse o Leonardo

De facto estava a correr bem. Chagamos a casa e fizeram os trabalhos num instante antes de irem para a piscina. Acabados os trabalho, o Guilherme quis espreitar alguma coisa no caderno do Leonardo e veio logo fazer-me queixinhas:

- Mãe, o Leonardo disse-te que tinha tido quatro bolas amarelas no mês passado?

- Não me disse nada. Leonardo porque tivestes estas bolas? 

- Já não me lembro. Devo ter-me portado um bocadinho mal. - respondeu.

- E como estão a ser as deste mês? - perguntei enquanto ele e o irmão disputavam o caderno.

- Tenho que arrumar o caderno para ir para a piscina. -respondeu o Leonardo.

Eu tirei-lhe o caderno e verifiquei que tinha tido uma bola amarela.

- Leonardo! Hoje também tiveste bola amarela. Porquê?

- Deve ser porque ele bateu no meu colega.- disse o Guilherme

- Bates-te noutro menino? -Perguntei-lhe sem obter resposta. Quando fica nervoso deixa de falar.

- Sim mãe o meu colega não lhe dava o boneco e então ele zás deu-lhe uma palmada na cabeça, com toda a força.- Explica o Guilherme que adora enterrar o irmão.

- Leonardo, as coisas não se resolvem à porrada!

- Então como é que eu faço? - perguntou entre soluços a chorar.

- Se o menino não te dá o que tu queres,pedes para ele ter dar. Se não resultar, vais te embora brincar com outros meninos.

-Ou então vais fazer queixa á auxiliar. - diz o Guilherme

-Todas essas coisas demoram muito tempo. A minha solução é a mais rápida de todas!

 Lá tive eu que lhe explicar que se bate nos meninos depois ninguém quer brincar com ele. Que depois não tem amigos.Vamos lá ver se a conversa tem resultados. Estávamos tão contentes porque estava tudo a correr tão bem.