Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Coisas que só nos acontecem a nós nº 15

Estávamos numa reunião familiar e faltou qualquer coisa, de momento não me recordo o quê. Então os meus pais disseram-me para ir com as minhas primas para lhes explicar o caminho para nossa casa.

Metemos-nos no carro e lá fomos nós. O problema é que tinham construído umas estradas novas. e eu ia sempre com o nariz enfiado num livro, quando íamos para casa. Está-se mesmo a ver que me enganei, não saímos no sitio certo e tivemos que fazer 15km na A8 até apanharmos uma saída. Na volta para trás lá conseguimos dar com o caminho correcto.

Ainda hoje oiço que ninguém se perde a ir para casa

Formação de combate a incendios e evacuação

Nem acredito que hoje já é sexta-feira, para mim a semana passou a correr. A terça passou a correr porque tive consulta de alergologia com os gémeos. A quarta a correr passou porque tive que fazer o trabalho de terça e quarta. Ontem estive em formação o que fez com que o dia passasse rapidinho. E hoje tenho que fazer o trabalho de ontem e de hoje pelo que num piscar de olhos vão ser 18h.

Voltado ao dia de ontem, estive o dia todo numa formação de combate a incêndios e evacuação. Todas as empresas devem ter um plano de medidas de autoprotecção e eu pertenço à equipa de evacuação. Curiosamente gostei bastante da formação. Ao principio estava em duvida porque da ultima vez fiquei na equipa de primeiros socorros e adorei. Bem a verdade é que adoro tudo o que tenha a ver com saúde ou laboratórios mas, a verdade é que gostei bastante desta formação também. Aprendi algumas coisas novas, relembrei outras porque já tinha tido uma formação similar à uns 5/6 anos.

Ficamos a conhecer os tipos de extintores e para que matérias se adequam mais. Falamos sobre os cuidados a ter ao manusear um extintor e um carrilhão, sobre quando devemos intervir. Apreendemos como evacuar as pessoas de um edifício. Fomos alertados sobre a importância das placas foto luminescentes no caso dum incêndio, para a importância de ter os extintores em dia. No fundo são pequenas coisas que podem salvar vidas.

Depois fomos para a parte prática, dirigimos-nos para o quartel dos bombeiros  eles deram-nos boleia até ao seu campo de treinos. Ainda perguntei se não podia ir no autotanque mas não tive sorte.Tivemos mesmo de ir na carrinha de transporte de doentes. Deixo-vos algumas fotos

2015-09-04 11.29.21.jpg

20150903_142305.jpg

2015-09-04 11.32.01.jpg

2015-09-04 11.32.31.jpg

20150903_151217.jpg

 

 

Casa à prova de gémeos. Ou talvez não...

A mãe queixa-se que a casa dela parece uma pocilga, como a compreendo. Diz que não pode ter nada no lugar porque os gémeos dão conta de tudo. Agora, que já andam, não há quem os segure. Esticam-se para chegar as pontas dos napperons ou das toalhas e depois começam a puxar. Arrancam as capas dos sofás. Mandam as almofadas todas para o chão à procura dos comandos da televisão.

Em casa é igual ou pior. Vão buscar o muda fraldas e depois diverte-se a deitar e  esfregar nele. De seguida vão buscar a caixa das toalhinhas e espalham-nas todas. Nos quartos tivemos que colocar tudo para as prateleiras mais altas.

Esteve o marido, uma tarde toda, a colocar trancas nas gavetas. Mas acho que não são trancas à prova de gémeos porque cheguei à cozinha e deparei-me com isto....

20150830_091654.jpg

 

20150830_091704.jpg

 Só pararam quando a gaveta ficou vazia.