Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Sempre a surpreender-nos :)

-Mãe qual é o mealheiro dos manos? É este dos patinho ou o do Mickey? - grita-me o Guilherme de um dos quartos.

Eu não estava a perceber o porque da pergunta, resolvi ver o que se passava.

Encontro então o meu Guilherme com algumas moedas na mão no quarto dos irmãos. 

- Guilherme, o que se passa? Para que são essas moedas?

-São para os manos, queria partilhar o meu dinheiro com eles.

Digam lá que este menino não é um doce

Palavras palavras

Por aqui e por ali começamos a ouvir algumas palavras soltas. Nós claro ficamos radiantes a cada palavra que ouvimos, mais parece que descobrimos o fogo. Pensei que depois de assistir ao desenvolvimento dos dois mais velhos já estaríamos imunes a estas pieguices. Mas, acontece exactamente o contrário, acho que ainda estamos mais babados. Até ao momento ouvimos bola, adeus, lherme ( Guilherme), Palabéns (parabéns), bebé e babo ( ainda á espera de tradução).

Claro que algumas são palavras que dizem uma vez e não repetem mais.Outras já começam a ser sistemáticas como o babo. Passam a vida a dizer babo, babo e não fazemos ideia o que é. Temos duas suposições mas sem certezas. Supomos que possa ser Leonardo ou então mano. Uma coisa é certa, é que é algo relacionado com os mais velhos. Apenas dizem esta palavra quando os irmãos não estão ao pé deles, mas conseguem ouvi-los. Por isso temos a certeza que é para os chamar, mas não sei se, alguma vez saberemos ao certo o que querem dizer.

Apercebemos-nos também que gostam muito de ouvir musica. O Santiago, por exemplo, adora ouvir a musica dos parabéns. Habituou-se a ouvir no panda e agora está sempre a dizer Palabéns para nós cantarmos.

Adoram que se cante enquanto eles estão a comer. Ainda no outro dia estava a dar de comer aos gémeos e o Santiago pôs-se a dizes:

-Pa, pa, papa, pa,pa,papa.

-Ei, Parece que estou a ouvir o mano a cantar. - Disse o Leonardo

-Não parece filho, ele está mesmo a cantar.

-Boa mano, conseguis-te! - Diz ele a berrar para o irmão perceber.

Adoram ouvir musica no carro. O Salvador até já dá o timbre de muitas. No sábado estava ao colo da minha tia e estava só a dizer:

-Ai o bebe, ai o bebe.

A minha tia não estava a perceber e perguntou-nos o que é que ele queria. Explicamos que ele estava a cantar o refrão da musica Os Tais do Carlão.

Acho que isto são influencias do Leonardo que passa vida a cantar em altos berros, espero que não fiquem iguais ao irmão. A minha cabeça já mal aguenta um a cantar a toda a hora quanto mais três....