Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Parece que levei uma tareia

Já disse ao marido que ele tem que parar de me bater quando eu estou a dormir. Hoje de manhã levantei-me e dói-me o corpo todo sem motivo nenhum.

Vejamos no sábado passei o dia todo a passar a ferro, para além da que roupa que tinha para passar ainda lavei, sequei e passei mais duas máquinas.Enquanto isso fiz sopas para a semana toda, para os gémeos e dei-lhes banho. Fiz o almoço, fui ao cabeleireiro com os mais velhos, ajudei o Guilherme a fazer a página do livro para a escola, fiz o jantar e na embalagem fiz também dois bolos. Ainda preparei tudo para irmos para a praia no Domingo.

No domingo os gémeos acordaram-me as 6:30, os mais velhos também já estavam acordados, ansiosos para ir para a praia. Tratei de vestir os pequenos, dar biberão, tratei dos últimos preparativos e saímos de casa. Ás 8:30H já estávamos na praia na Ericeira. Passamos a manhã na praia depois fomos para casa de uns amigos. Dei banho aos bebes para tirar a areia, como tem a pele muito atópica passam a vida no banho. Almoçamos depois ajudei a minha amiga a escolher os brinquedos do filho, acabei por trazer um caixote cheio de brinquedos emprestados para os gémeos assim não preciso comprar. Lanchamos e viemos embora. Chegamos a casa e o marido saiu logo a correr pois tinha jogo da bola às 20H. Mandei o Gui tomar banho, depois tomei um banho apressado com o Leonardo enquanto o Guilherme tomava conta dos gémeos. Dei-lhes jantar, mudei fraldas e tratei de adormece-los. O marido parecia que estava a espera e chegou a casa minutos depois de eu conseguir adormecer os gémeos.

Ainda não consigo perceber porque me dói o corpo todo. Vocês perceberam?

Ontem já não houve choro na praia

Ontem fomos novamente à praia. O Salvador já não chorou e até brincou com a areia. Reacções à agua não houve porque estava gelada, ainda fui para lhes molhar os pés mas assim que o meu pé tocou na água gelou. Senti que era um crime molhar os meninos. Nem o Guilherme, que é filho de peixe, lá conseguiu estar mais do que 5 minutos.

Tirando a água gelada o resto estava tudo prefeito. Passamos umas boas horas na Ericeira, até descobrimos uma nova maneira de passar protector nas costas. Vimos um Sr.. colocar o protector num saco plástico e depois esfregar o saco nas costas como fazemos quando nos estamos a limpar. Esta, devo confessar, ainda não tinha visto, deve ser uma ideia pioneira.

 

2015-05-25 12.35.53.jpg

2015-05-25 12.36.23.jpg

2015-05-25 12.36.40.jpg

O Salvador todo divertido, nem parece o mesmo da semana passada. Próxima etapa: não chorar na água.