Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Amor de irmãos

Há pouco estava a dar o jantar ao Salvador, o Santiago estava a chorar por ver o irmão a comer, o Leonardo resolveu começar a cantarolar e o Guilherme veio ligar a televisão com o som altíssimo para conseguir ouvir e eu percebi porque ficou sempre com dor de cabeça ao fim de semana. Acho que somos completamente disfuncionais passo a vida a pedir para falarem mais baixo por norma costuma resultar no oposto. Será que se lhes disser para falarem mais alto eles vão reduzir o som? No início tinha pena dos bebés pois quando estavam a dormir algum dos outros dois aparecia aos berros e claro já não havia sono para ninguém. Contudo agora tenho a certeza que sou eu e o pai quem mais sofre com o barulho pois os gémeos choram e de os ouvir aos berros no quarto mas não os verem. Estão sempre a seguir os irmãos com os olhos como quem diz se eu pudesse. Nunca vi tamanha adoração. Começou logo quando os irmãos os foram ver a neonatologia, assim que o Guilherme falou os gémeos que até  estavam a dormir despertaram e começaram logo a procura do som. Foi muito inesperada a reacção deles pois tiveram cerca de 1 mês sem ouvir os irmãos mas mesmo assim reconheceram-nos. Agora quase que bebem as palavras que saem da boca dos mais irmãos. Riem-se assim que os vêm. O Guilherme pergunta quando pode dormir com eles. Nos país assistimos a isto todos babados mas daqui por uns tempos são mais dois a correr e a gritar.....