Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quatro Reizinhos

Uma mãe obsessiva, um pai muito stressado e 4 filhotes. O mais velho hiperativo, o segundo com um feitio muito particular e dois bebes gemeos. Tanta cabeça debaixo do mesmo tecto não pode dar coisa boa.

Dia mundial da alimentação

Hoje celebra-se o dia mundial da alimentação. Para mim este é um tema importantíssimo que deve ser debatido o máximos de vezes possível. É importante ensinar as crianças e os adultos a alimentar-se de forma correcta. Bem sei que nem sempre é fácil. Que um alimento não saudável muitas vezes é mais barato que um saudável e isso pesa nas carteiras. Sei que a falta de tempo não ajuda. Que cansaço faz com que acabemos por fazer o comer mais rápido em vez do mais saudável. Sei tudo isto mas também sei que a obesidade e os diabetes entre crianças tem crescido a olhos vistos.

É importante estarmos atentos e ensinar os nossos filhos a fazer uma boa escolha. Ensinar-lhes que a fruta e os vegetais são importantes para serem saudáveis. No sábado fomos convidados para assistir a um workshop sobre a importância da fruta. Este evento resultou de uma parceria entre a quinta pedagógica dos olivais, o centro de frutologia da Compal e a Associação Portuguesa de Nutrição. Gostamos muito de participar neste workshop. Percebemos que a cor da fruta nos indica que tipo de vitaminas e compostos têm o que nos ajuda a saber que tipo de doenças pode ajudar a precaver. Recebemos dicas sobre comprar fruta da época porque é muito mais saborosa e doce o que ajuda a as crianças a comerem melhor. Ficamos também a saber que devemos consumir 3 a 5 peças de fruta por dia.

Quem nos segue sabe que os 4 reizinhos adoram fruta e que este não é um problema que enfrentemos diariamente mas mesmo assim preocupo-me sempre para que façam as melhores opções. Quando têm fome entre refeições e querem bolachas sugiro sempre que comam uma peça de fruta e depois uma bolacha. Assim evito que comam meia dúzia de bolachas e aumento o numero de peças de fruta que comem. 

Cabe a cada mãe e pai perceberem qual é o melhor truque para os fazer comer a fruta e os legumes, mas por favor não desistam. Vamos continuar a trabalhar para que as nossas crianças cresçam o mais saudavelmente possível.

IMG_20171014_111224.jpg

 

IMG_20171014_111246.jpg

Monstros da fruta

Os gémeos têm se revelado uns autênticos monstros no que toca à fruta. Não passam sem ela e comem praticamente de tudo. Por norma a fruta tem que estar escondida e o seu nome só pode ser mencionado depois de acabarem de comer. Caso contrário rejeitam o comer em detrimento da fruta. Os mais velhos quando acabam de comer têm que esperar pelos pequenos porque caso contrário temos fita por causa da fruta. Acho que gostam praticamente de tudo. Adoram banana, maçã,  morangos, cerejas, pêssegos, ameixas, nêsperas, abacaxi, manga, melão, melancia, meloa...

É engraçado ver que cada um tem as suas preferidas. O Santiago adora meloa enquanto que o Salvador dispensa. O Salvador adora pêssegos e ameixas já o Santiago come mas não gosta da casca. Aos poucos vão percebendo o que preferem e fazem questão de nos mostras os seus gostos.

Eu adoro vê-los comer assim mas não posso deixar de me lamentar porque a fruta desaparece a um ritmo alucinante. Passo a vida a comprar mas nunca tenho nada em casa. Para terem uma ideia só os gémeos costumam comer duas peças de fruta a cada refeição. No outro dia comprei uma meloa bastante grande, tinha quase um quilo de peso, e o Santiago comeu-a toda depois do almoço. Acho muito bem que comam fruta porque é saudável e faz muito bem mas sinto que vou à falência. Será que posso plantar uma árvores na varanda? Assim ficava mais barato.

 

2016-08-30 12.46.11.jpg

2016-08-30 12.46.43.jpg

2016-08-30 12.46.22.jpg